segunda-feira, 17 de agosto de 2015

Áreas de Preservação Permanente Urbanas: O Novo Código Florestal e o Judiciário

O professor doutor Paulo de Bessa Antunes publicou o artigo "Áreas de Preservação Permanente Urbanas: O Novo Código Florestal e o Judiciário" na Revista de Informação Legislativa. Considerando a larga experiência do professor e suas publicações e livros, recomendo a leitura do artigo para um melhor entendimento sobre o tema.

ACESSO O ARTIGO AQUI


Autor:
Paulo de Bessa Antunes é Professor Adjunto IV da Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro (UNIRIO). Coordenador do Programa de Pós Graduação do Centro de Ciências Jurídicas e Políticas da UNIRIO. Mestre em Direito pela Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro e Doutor pela Universidade do Estado do Rio de Janeiro. Procurador Regional da República (aposentado). Presidente da Comissão de Direito Ambiental do Instituto dos Advogados Brasileiros.

Pós-graduação em Engenharia Ambiental Unigranrio (Campus Duque de Caxias / Unidade Barra da Tijuca)


Público-Alvo
Profissionais das diferentes áreas da Engenharia, Ciências Biológicas, Tecnólogos Ambientais, Química ou áreas afins que necessitam ou pretendam aprofundar-se nos assuntos ligados à área de Meio Ambiente.


Email: latosensu@unigranrio.com.br
Telefone(s): 2672-7790 / 2672-7761

Diferencial
O principal diferencial deste curso está na capacitação de seus professores, pois além de serem profissionais atuantes nas áreas específicas que irão ministrar em seus módulos, possuem a especialização necessária, sendo constituído em quase sua totalidade por Mestres e Doutores.

Competências Desenvolvidas
Este curso tem como principal competência formar especialistas na área ambiental, através de informações e contextualizações relevantes ao impacto ambiental aos diferentes compartimentos (água, ar, solo, Biota) que compõe o Ecossistema. Ao final do curso, o egresso estará apto a desenvolver e solucionar questões ambientais associadas aos seguintes temas: Monitoramento e Gerenciamento da Qualidade da água, do ar e do solo. Problemas associados ao Tratamento de Água, Tratamento de Esgotos e Resíduos Sólidos. Analisar e avaliar os riscos e impactos ambientais, através de seus estudos correspondentes. Realizar estudos sobre as novas tecnologias ligadas à Gestão Ambiental, Gestão de recursos hídricos e Ordenamento de territórios. Elaboração e coordenação de projetos ambientais.

Pré-Requisito
Diploma de Ensino Superior reconhecido pelo Ministério da Educação do Brasil ou revalidado, quando emitido em instituições de ensino estrangeiras, na forma da regulação federal.

Coordenador
André Leone Riguetti
andre.leone@unigranrio.com.br
Currículo resumido: Mestrado em Química pela Universidade do Estado do Rio de Janeiro (2009). Graduação em Farmácia pela UFRJ (2003). Cursando Engenharia Química no Centro de Tecnologia da Indústria Química e Têxtil - CETIQT. Professor do Curso Superior de Tecnologia em Gestão Ambiental, Farmácia e Engenharia Ambiental da Unigranrio, profissional da Área de Meio Ambiente há 15 anos, iniciando sua trajetória na extinta FEEMA, ocupando atualmente o cargo de Chefe do Núcleo de Monitoramento de Qualidade de Água, Efluentes Industriais e não industriais do Instituto Estadual do Ambiente - INEA. Experiência profissional no levantamento dos Impactos Ambientais, causados pelos principais acidentes ambientais ocorridos no Estado do Rio de Janeiro e na avaliação de EIA/RIMA de diversos empreendimentos do ERJ.

Local
Campus I - Duque de Caxias | início:12/09/2015 | (QUINZENAL)
Unidade Barra da Tijuca | início:03/10/2015 | (QUINZENAL)

quarta-feira, 12 de agosto de 2015

Curso de Extensão - Aterros Sanitários


Curso de Formação de Auditor Líder Ambiental de Resolução CONAMA 306/2002

Curso de Formação de Auditor Líder Ambiental de Resolução CONAMA 306/2002 (portos organizados e instalações portuárias, plataformas e suas instalações de apoio e refinarias)

(Carga Horária: 40 horas em 05 dias corridos de aula)

Reconhecido pela ABENDI / RAC (Registro de Auditores Certificados)

www.rac.org.br - Atendendo as Portarias Nº 319 e Nº 353/MMA

Local do Curso: CLUBE DE ENGENHARIA – Avenida Rio Branco, Nº 124/21º andar – Centro
14 a 18 de Setembro de 2015

Condicionantes do Curso:

Nível Superior Completo.

Certificado do Curso de Análise e Interpretação da Resolução Conama 306/02 ou realização de prova de avaliação do grau de conhecimento, no primeiro dia de curso (sem finalidade de reprovação).

As diretrizes para obtenção da Certificação junto à ABENDI/RAC, após aprovação no curso, encontram-se no Procedimento NA-14 na página do RAC - www.rac.org.br.

Instrutores:

Yara T. Cavalcanti –Engenheira Sanitária e Ambiental, M.Sc., Auditora Líder Ambiental de Resolução CONAMA 306/2002 (Reg. ABENDI/RAC/MMA Nº 1.156 e Auditora Líder de SGA (Registro ABENDI/RAC Nº 1.222).

Ottilio Guernelli – Eng. Mecânico, Especialista em Vedação e Gestão Ambiental, Auditor Líder Ambiental de Resolução CONAMA 306/2002.

Valor do Curso: R$ 2.610,00 (Incluído: material didático, certificado (RAC/ABENDI para o curso de Auditor Líder) e coffee break

Formas de Pagamento:

» A vista 5% de desconto no valor total do curso.

» Em até 5 parcelas, através de Boleto Bancário ou cheque. Ou consulte outras condições de pagamento.

Maiores Informações:

ytec-cursos@ytec-ambiental.com.br

Tel./Fax: (21) 2567-8832 / 2567-8774

http://www.ytec-ambiental.com.br

terça-feira, 11 de agosto de 2015

Doutorado em Saúde Pública e Meio Ambiente (Fiocruz)


O Programa de Pós-Graduação em Saúde Pública e Meio Ambiente, credenciado pelo Conselho Federal de Educação, tem como objetivo a capacitação de docentes, pesquisadores e gestores em saúde e ambiente, numa perspectiva interdisciplinar, multiprofissional e interinstitucional, para a análise e proposição de soluções sobre os efeitos decorrentes das exposições ambientais na saúde humana. Está voltado para profissionais e pesquisadores das áreas de saúde e do meio ambiente com formação, em nível de graduação, em diferentes campos do conhecimento e interessados na análise de problemas de saúde e ambiente.

EDITAL E INSCRIÇÕES
Linhas de pesquisa: - Desigualdades Sociais, Modelos de Desenvolvimento e Saúde;
- Epidemiologia de Doenças Crônicas;
- Epidemiologia do Câncer;
- Exposição a Agentes Químicos, Físicos e Biológicos e Efeitos Associados na Saúde Humana e Animal;
- Exposições Ambientais e Avaliação dos Efeitos no Ciclo de Vida;
- Gestão Ambiental e Saúde;
- Patologia Clínica, Ambiental e do Trabalho;
- Saneamento e Saúde Ambiental;
- Saúde Ambiental Infantil; e
- Toxicologia e Saúde.

CoordenaçãoDra. Liliane Reis Teixeira
Dra. Ariane Leites Larentis
E-mail de contato: posgrad-spma@ensp.fiocruz.br

Mestrado em Saúde Pública e Meio Ambiente (Fiocruz)


O Programa de Pós-Graduação em Saúde Pública e Meio Ambiente, credenciado pelo Conselho Federal de Educação, tem como objetivo a capacitação de docentes, pesquisadores e gestores em saúde e ambiente, numa perspectiva interdisciplinar, multiprofissional e interinstitucional, para a análise e proposição de soluções sobre os efeitos decorrentes das exposições ambientais na saúde humana. Está voltado para profissionais e pesquisadores das áreas de saúde e do meio ambiente com formação, em nível de graduação, em diferentes campos do conhecimento e interessados na análise de problemas de saúde e ambiente.

EDITAL E INSCRIÇÕES
O mestrado em Saúde Pública e Meio Ambiente conta atualmente com três áreas de concentração:
- Epidemiologia Ambiental (08 vagas)
- Gestão Socioambiental e Promoção da Saúde (08 vagas)
- Toxicologia Ambiental (07 vagas)

Coordenação
Dra. Liliane Reis Teixeira
Dra. Ariane Leites Larentis
E-mail de contato: posgrad-spma@ensp.fiocruz.br

Inea oferece de capacitação para profissionais para atuar como responsável na Medição de “Fumaça Preta”

Objetivo: Capacitar profissionais para realizar a medição da opacidade em veículos do ciclo diesel, conforme a DZ 582 – R.1 CONCESSÃO E RENOVAÇÃO DE REGISTRO PARA MEDIÇÃO DE EMISSÃO VEICULAR.

O profissional será responsável pela amostragem da opacidade em veículos do ciclo diesel, de acordo com o preconizado pela Resolução CONEMA Nº 58, de 13/12/13, que revisa as diretrizes do PROGRAMA DE AUTOCONTROLE DE EMISSÕES DE FUMAÇA PRETA POR VEÍCULOS DO CICLO DIESEL-PROCOM FUMAÇA PRETA.

Mais informações no site do instituto


Público Alvo 
Profissionais de nível técnico ou superior das áreas de química, mecânica, elétrica, eletrônica, meio ambiente e ciências biológicas, devidamente registrados nos seus respectivos conselhos profissionais.

Carga horária:
40 horas.

Período
19, 20, 21,22, 23 e 26 de outubro de 2015

Horário das aulas 
09h às 17h

Local Aula teórica: 
Auditório do INEA, Av. Venezuela, 110 – 6° andar, Saúde - RJ Visita técnica: Posto de Vistoria do DETRAN-RJ (CEASA/Irajá) Prova de avaliação dos conhecimentos adquiridos: Auditório do INEA, Av. Venezuela, 110 – 6° andar, Saúde - RJ

Inscrição 
Instituto Estadual do Ambiente INEA Av. Venezuela, 110 – 4° andar, Saúde- RJ Serviço de Controle de Veículos
Período de inscrição: 17/08/15 à 30/09/15
Horário de inscrição: 9h às 11:30 e 13:30 às 17:00 35 vagas
Contato: Cosme ou Péricles
Tel.: (21) 2334-9606

Oportunidade GVces: Vaga para Pesquisador Junior e para Pesquisador Senior do Programa Sustentabilidade Global

Centro de Estudos em Sustentabilidade da FGV-EAESP (GVces) em São Paulo abre processo seletivo para pesquisador para o Programa Sustentabilidade Global.

O Programa Sustentabilidade Global (SG) atua na sensibilização e articulação de atores relevantes do setor público, privado e da sociedade civil em temas socioambientais, tais como mudanças climáticas, biodiversidade, finanças sustentáveis, dentre outros. O enfoque é na capacitação do setor privado, na proposição e acompanhamento de políticas públicas, na promoção de soluções inovadoras de mercado e na integração entre atores públicos e privados

Pesquisador SêniorO Pesquisador Sênior trabalhará junto à coordenação do Programa no apoio aos projetos do Programa, elaborando conteúdos técnicos ligados a mudanças climáticas (mitigação e adaptação), serviços ecossistêmicos e finanças sustentáveis. 
A proposta é que esse profissional ofereça suporte ao Programa, conduzindo as pesquisas e contribuindo para a gestão dos projetos. 
Perfil desejado: 
- Mestre ou Doutor(a) preferencialmente em Economia ou Administração de Empresas; 
- Experiência com pesquisa acadêmica (aplicada);
- Conhecimento teórico e experiência prática em temas ligados à sustentabilidade, preferencialmente: mudanças climáticas (mitigação e adaptação), serviços ecossistêmicos e finanças sustentáveis. 
- Excelente redação em português e inglês; 
- Autonomia na realização do trabalho; 
- Atenção a detalhes;
 - Trabalho com foco nas diretrizes, objetivos e metas recebidos; 
- Comprometimento com a qualidade das entregas e com os prazos assumidos. 
 Os candidatos interessados devem enviar currículo para Annelise Vendramini (annelise.vendramini@fgv.br). Mais informações sobre a vaga e o processo seletivo, clique aqui.


Pesquisador Junior lO Centro de Estudos em Sustentabilidade da FGV-EAESP (GVces) abre processo seletivo para a vaga de pesquisador junior associado ao programa Sustentabilidade Global (SG).
O Pesquisador Junior trabalhará junto à coordenação do Programa no apoio aos projetos do Programa, em particular elaborando conteúdos técnicos ligados a finanças sustentáveis. A proposta é que esse profissional ofereça suporte ao Programa, conduzindo as pesquisas e contribuindo para a gestão dos projetos.
Perfil desejado:
- Graduação preferencialmente em Administração de Empresas, Economia ou Gestão Ambiental
- Conhecimento teórico e experiência prática em temas ligados à sustentabilidade, preferencialmente na conexão entre finanças e sustentabilidade;
- Excelente redação em português e inglês;
- Atenção a detalhes;
- Trabalho com foco nas diretrizes, objetivos e metas recebidos;
- Comprometimento com a qualidade das entregas e com os prazos assumidos.

Os candidatos interessados devem enviar, até 07 de agosto, currículo para Annelise Vendramini (annelise.vendramini@fgv.br). Mais informações sobre a vaga e o processo seletivo, clique aqui.

VAGAS DO DIA 11/08/2015


Analista Ambiental (Angra dos Reis - RJ)
Local de trabalho: Angra dos reis - RJ.
Empresa que atua no segmento de energia contrata
Atividades:
- Atuará nos procedimentos ligados ao meio ambiente da empresa e acompanhará todas as atividades do setor (distribuição de energia elétrica, gestão de resíduos, sistema de gestão ambiental e licenciamento).
Requisitos: 
– Curso superior de tecnologia em gestão ambiental ou biologia (com registro no conselho regional de química); 
– Possuir disponibilidade de viajar para as bases da empresa (Angra/Resende/ São Gonçalo).
Remuneração: pretensão salarial
Benefícios: vale refeição R$ 18 por dia + vale transporte + plano de saúde + plano odontológico.
Inscrição no link (cadastro gratuito)

Analista ambiental (Rio de Janeiro)
Indústria de grande porte seleciona: Analista Meio Ambiente
Local: Rio de Janeiro / RJ
Necessário:
- Formação superior completa em Engenheiro Ambiental;
- Formação em Engenharia de Segurança do Trabalho (pode estar cursando);
- Experiência na area de Meio Ambiente;
- Inglês (Básico/intermediário).
Conhecimentos Específicos:
- Identificação de aspectos e impactos ambientais, Legislação de meio ambiente, Sistema de gestão de ISO 14.001, Técnica de análise de risco.
- Oferecemos salário + benefícios
Inscrição no link (cadastro gratuito)

Engenheiro florestal ou agrônomo
Local: Campos dos Goytacazes/RJ.
Favor enviar currículo para rh@verdelegal.com.br

Técnico Ambiental – Encarregado
Empresa especializada em Gerenciamento de Resíduos
Descrição do cargo / Responsabilidades:
- Agendamento de cargas na operação da central de resíduos;
- Atendimento a demandas do cliente;
- Acompanhamento do retorno de 4 vias do MTR, controle de saídas de resíduos, gestão operacional na central de resíduos.
Formação e experiências requeridas:
- Experiência mínima de 2 anos na função de Técnico Ambiental
- Ter atuado no ramo de resíduos
Local: Zona Norte / Rio de Janeiro
Benefícios: Vale Transporte; Vale Alimentação; Refeição no Local; Convênio Odontológico;
Horário de Expediente: À combinar
Salário: R$ 2.000,00
Os interessados devem enviar seus currículos NO CORPO DO E-MAIL para selecao.gri@gmail.com

Técnico em meio ambiente
Buscamos profissional que tenha vivência na função para desempenhar as seguintes atividades:
- Manutenção dos sistema de gestão (ISO 9001:2008 e ISO 14001), organização do fluxo documental, descarte de resíduos, elaboração de manifestos.
- Experiência com acompanhamento de auditoria externa.
- Conhecimento do processo de revalidação de LO.
Escolaridade: Ensino médio completo. Desejável superior cursando;
Desejável curso de auditoria interna da qualidade;
Horário e local:
- Local de trabalho: Campo Grande;
- De segunda a sexta-feira das 7h30 às 17h30;
A empresa oferece: salário + Vale transporte + Assistência médica e odontológica (opcional) + Seguro de vida + Cesta básica + Refeição no local + Convênio com faculdades e cursos de idiomas.
Os candidatos(as) dentro do perfil, deverão encaminhar currículo no corpo do e-mail com pretensão salarial para: oportunidadescg@gmail.com; Imprescindível mencionar no assunto Técnico em Meio Ambiente VG URG.

Técnico de Meio Ambiente
Local de Trabalho: Centro do RJ.
Empresa de Construção Civil Multinacional de Origem Alemã busca profissionais para o Rio.
Requisitos:
- Ensino Médio Completo na área ambiental ou Superior
- Experiência na área de meio ambiente em empresa de Engenharia
Atribuições do Cargo:
- Co-Responsável pela gestão ambiental da unidade, promovendo diagnósticos de suas unidades, auxiliando na elaboração de procedimentos relativos ao meio ambiente que estejam de acordo com a legislação pertinente. Registrar as não conformidades ambientais no âmbito do contrato, acompanhar a implementação das medidas preventivas, mitigadoras e corretivas necessárias.
- NECESSÁRIO CONHECIMENTO EM GESTÃO LEED.
Estamos trabalhando com Pretensão.
Benefícios : VT, VR, seguro de vida, AM, AO, PLR anual
Os interessados enviar cv para monica.lourenco@hochtief.com.br com pretensão, no corpo do e-mail. Imprescindível mencionar no assunto o nome da vaga VG URG.

Técnico em Meio Ambiente
Local: Rio de Janeiro
Experiência:
- Experiência mínima de 3 anos na função;
- Experiência em estaleiro ou transportes marítimos ou offshore
Salário: R$ 2.729,00 E BENEFÍCIOS;
OS INTERESSADOS E DENTRO DO PERFIL, FAVOR ENVIAR CV NO CORPO DO E-MAIL PARA: dsj_evolurh@yahoo.com.br; Imprescindível mencionar no assunto Técnico em Meio Ambiente VG URG.

Técnico em Meio Ambiente
EMPRESA: GEOPRIME ENGENHARIA & MEIO AMBIENTE
Local: Freguesia, Rio de Janeiro - RJ
Descrição do cargo / Responsabilidades:
MONITORAMENTO AMBIENTAL (em campo): isocinética, ruído, medições de opacidade, coleta de efluentes, coletas de água, solo, sismografia, (detonações )e vibrações.
Formação e experiências requeridas:
- ENSINO MÉDIO TÉCNICO – NÃO QUEREMOS GRADUADOS EM FACULDADE PARA ESTA VAGA
PERFIL DO FUNCIONÁRIO: Saber dirigir, carteira de motorista mais de 6 anos B, responsabilidade, experiência na área (comprovada), vontade de aprender, saber trabalhar sob pressão, ser pontual, desejo de crescer. Deve morar em Jacarepaguá, Freguesia, Taquara, Campinho e adjacências.
FORMAÇÃO: Técnico em eletrônica, química, meio ambiente ou áreas afins.
FAIXA ETÁRIA: Entre 22 até 45 anos.
Benefícios: Vale Transporte; Vale Alimentação; Refeição no Local; Convênio Médico;
Horário de Expediente: À combinar
Salário: R$ 2.000,00
Os interessados devem enviar seus currículos NO CORPO DO E-MAIL para marketing@geoprime.com.br

Auxiliar de Meio Ambiente
Bairro: Barra da Tijuca / Rio de Janeiro / RJ
Descrição do cargo / Responsabilidades:
- Auxiliar no controle de licenças ambientais;
- Auxiliar no preenchimento de manifestos online ou manual;
- Auxiliar no controle e gerenciamento de resíduos;
- Auxiliar no controle de empresas para destinação final de resíduos;
- Auxílio no treinamento de educação ambiental.
Formação e experiências requeridas:
- Técnico em Meio Ambiente / Gestão Ambiental ou cursando os últimos períodos.
Benefícios: Vale Transporte; Vale Refeição;
Horário de Expediente: Segunda à Quinta de 07:00 às 17:00 e Sexta de 07:00 às 16:00
Salário: Enviar pretensão salarial
Os interessados devem enviar seus currículos NO CORPO DO E-MAIL para civilconstrucao@yahoo.com.br

Estagiário de Operações
Empresa de grande porte contrata:
Curso: Eng. de Produção/Eng. Ambiental/Administração/Economia;
- Previsão de Formatura: DEZ/2016 até DEZ/2017;
- Instituição de Ensino: IBMEC/PUC/UFRJ/UFF,UERJ;
- Turno de estudo: Noturno;- Disponibilidade de horário para viagens eventuais
- Residir na Tijuca ou Zona Sul ou Barra da Tijuca;
- Irá estagiar no bairro do Catumbi e eventualmente Barra da Tijuca;
- 6 horas diárias;
Principais Atividades:- Dar Suporte à diretoria, gerência e equipe do setor de operações;- Controle de dados e elaboração de planilhas;- Contato com Fornecedores;- Realizar relatório quando for necessário; Conhecimentos:- Pacote Office (Será Testado);- Boa Fluência escrita e Verbal;- Desejável conhecimento de ferramentas de busca na internet;
Habilidades desejadas:- Eficiência nos resultados solicitados;- Trabalhar sob pressão;- Pró-atividade;- Comprometido com os resultado.
Bolsa: R$1350,00 + benefícios
Os interessados e que estiverem dentro do perfil, deverão enviar o currículo para fabiana.goulart@rhpersonalizado.com.br colocando no assunto: Estágiário de Operações.

Estágio em Gestão Ambiental (Tecnólogo)
Local: Zona Oste
Requisitos:
-Estudantes de Graduação em Gestão Ambiental (Tecnólogo)
-Previsão de formatura – Cursando o 2º ano da graduação
-Boa fluência verbal e dinamismo.
-Disponibilidade para cumprir carga horária de 6h/dia – segunda a sexta-feira
-TER FÁCIL ACESSO À SANTA CRUZ
Bolsa auxílio: R$ 865,00 + benefícios
Os interessados devem enviar seus currículos NO CORPO DO E-MAIL para adjailmap@cieer.org.br

Programa de Estágio Grupo Neoenergia 2016


Objetivo do programa: Através do Programa de Estágio, o Grupo Neoenergia oferece aos jovens talentosa oportunidade de conhecer as áreas de negócio da Empresa, aprofundar conhecimentos e praticar na sua área de formação específica.

Perfil do Estagiário NEOENERGIA: • Ter previsão de formatura entre Julho/2017 e Dezembro/2018;
• Desejável Inglês e Pacote Office: Intermediário;
• Estar cursando Graduação Tradicional em Agronomia, Arquitetura e Urbanismo, Biblioteconomia, Ciências da Computação, Ciências Ambientais, Ciências Biológicas, Engenharias, Geografia, Geologia, dentre outros; e Graduação Tecnológica em Agrimensura, Gestão Ambiental, Segurança no Trabalho, dentre outros.

Locais de trabalho: 
Rio de Janeiro, Rio Grande do Norte,Pernambuco e Bahia.

Os candidatos interessados devem se inscrever no site: www.neoenergia.com > Trabalhe Conosco > Conheça nossas Vagas > Programa de Estágio ou https://site.vagas.com.br/PagEmpr.asp?e=programadeestagioneoenergia



segunda-feira, 10 de agosto de 2015

Feira Internacional de Tecnologias de Saneamento Ambiental






O maior e mais expressivo evento de tecnologia de saneamento ambiental de toda a América Latina chega à 11ª edição. A Fitabes, Feira Internacional de Tecnologias de Saneamento Ambiental, será realizada de 04 a 07 de outubro, no Riocentro (Cidade do Rio de Janeiro).

A Fitabes reúne as principais empresas do setor para expor as novidades em tecnologias, produtos, serviços e equipamentos a um público altamente qualificado. A cada edição a feira se consolida também no mercado internacional.

O evento é o ponto de encontro entre os tomadores de decisão e gestores de políticas e projetos em saneamento ambiental e os fornecedores de equipamentos e prestadores de serviços para o setor.

O acesso à feira é gratuito e as inscrições devem ser feitas no site em https://regtron.websiteseguro.com/fagga/cred/?ev=FITABES2015

Este ano, o mercado estará voltado para o potencial do segmento de saneamento básico em todo País. De acordo com os dados do Sistema Nacional de Informações sobre Saneamento (SNIS 2012), menos da metade da população brasileira (48,3%) têm acesso à coleta de esgoto e apenas 38,7% dos esgotos do País são tratados.

A meta estabelecida pelo Governo Federal através do Plano Nacional de Saneamento Básico (Plansab) é de que dentro de duas décadas, o Brasil alcance a universalização dos serviços de coleta e tratamento de esgoto e abastecimento de água. O valor estimado é de investimento de R$ 508,4 bilhões até 2033, em recursos públicos e da iniciativa privada.

O Instituto Trata Brasil, uma Oscip Organização da Sociedade Civil de Interesse Público, formado por empresas com interesse nos avanços do saneamento básico e na proteção dos recursos hídricos do País, monitora as obras do PAC (Programa de Aceleração do Crescimento) em municípios com população superior a 500 mil habitantes.

Ao final do ano passado, o Instituto avaliou o andamento de 219 grandes obras espalhadas por todo país sendo 149 obras de esgotos e 70 obras de água. Juntas, somam investimentos de R$ 10,31 bilhões (R$ 8,32 bilhões para esgotos e R$ 1,99 bilhões para água).

As principais fontes de financiamento são os recursos do Orçamento Geral da União (OGU), que respondem por R$ 3,47 bilhões (33,7%), financiamentos da Caixa Econômica Federal R$ 5,17 bilhões (50,2%) e BNDES com R$ 1,66 bilhão (16,1%).

"O objetivo do Fitabes é oferecer conteúdo qualificado, apresentando as inovações e últimas tecnologias para o setor. Esse evento gera um excelente ambiente de negócios, integrando e fomentando oportunidades onde existe uma demanda latente.", afirma Victor Montenegro, diretor de negócios da feira, acrescentando que estarão presentes cerca de 200 marcas expositoras entre as companhias nacionais e internacionais. São esperados cerca de nove mil visitantes.

Com promoção e organização da Fagga | GL events Exhibitions e realização da Associação Brasileira de Engenharia Sanitária e Ambiental (Abes), o evento acontecerá em paralelo ao 29º Congresso Brasileiro de Engenharia Sanitária e Ambiental. Serão apresentadas palestras, debates, painéis e mesas-redondas, com a exposição de cases e experiências bem sucedidas.

Concurso UERJ para Assistente de Geoprocessamento e de Geociências



A UERJ está com inscrições abertas para o concurso de Assistente de Laboratório que exige diploma de conclusão de ensino médio.

Estão sendo oferecidas 4 vagas para a área de geoprocessamento e 4 para a área de geociências.

EDITAL

Vencimento: R$ 2.600,00

Carga horária: 40h

Inscrições: De 05/08 a 03/09 no site http://concursos.srh.uerj.br/Geral/Concursos/Detalhes.aspx?Param=J%2fL0xpgw%2ftZkUQgrS4Ukgg%3d%3d


GEOCIÊNCIAS
Atribuições: 
Presta suporte aos trabalhos realizados nos laboratórios de geociências realizando coletas, análises e preparação, por diversos métodos, de amostras de diversos materiais como: rochas, minerais, sedimentos, fósseis e água. Assessora nas atividades de ensino, pesquisa e extensão.

Funções:
a) Realizar as atividades de fragmentação, britagem, trituração e pulverização de amostras de rochas e minerais, por meio de prensa hidráulica, britador de mandíbulas, moinho de disco e moinho de bolas, entre outros equipamentos;
b) Colaborar na concentração de minerais pesados em grãos e sedimentos por meio de bateia manual e/ou mesa concentradora eletro-mecânica;
c) Realizar a análise granulométrica de sedimentos arenosos e lamosos e a classificação sedimentológica;
d) Apoiar na coleta de amostras de rochas, sedimentos superficiais, testemunhos e água e na separação magnética de grãos minerais, por meio de imã de mão e separador eletro-magnético tipo Frantz;
e) Apoiar na separação densimétrica de grãos minerais por meio de líquidos densos;
f) Confeccionar lâminas para microscopia incluindo: lâminas delgadas de rochas, minerais, sedimentos e fósseis; confecção de seções e lâminas polidas de rochas, minerais, sedimentos e fósseis; impregnação de amostras quando necessário;
g) Atuar na preparação de amostras envolvendo procedimentos de ataques químicos, incluindo:
dissolução de rochas, minerais e sedimentos; coloração de seções polidas e lâminas delgadas de rochas, minerais e sedimentos;
h) Organizar o acervo de amostras de rochas, minerais e sedimentos do laboratório;
i) Planejar as necessidades de material e equipamentos, como também, controlar o estoque de material de consumo de rotina do laboratório;
j) Realizar a manutenção básica e verificar o desempenho dos equipamentos, máquinas e instalações, bem como zelar pela limpeza dos mesmos e do local de trabalho;
k) Cooperar na formação e treinamento de estagiários e estudantes no âmbito das atividades do laboratório;
 l) Realizar as atividades segundo as boas práticas, normas e procedimentos de segurança; m)Executar outras atividades correlatas, compatíveis com a atividade profissional.

GEOPROCESSAMENTO
Atribuições:
Presta suporte aos trabalhos realizados nos laboratórios de geoprocessamento, gerando produtos cartográficos, análises geográficas e processamento de dados necessários para apoio às atividades de geoprocessamento. Apoia o planejamento e a execução de trabalhos de campo. Assessora nas atividades de ensino, pesquisa e extensão.

Funções: 
a) Apoiar na elaboração e publicação de documentos cartográficos e relatórios técnicos se valendo da legislação vigente e normas técnicas aplicáveis;
b) Auxiliar na realização de análises espaciais e na produção de resultados, aplicando as metodologias de geoprocessamento necessárias;
c) Utilizar métodos de processamento digital de imagens sobre produtos de sensores remotos para tratamento e classificação de imagens e realização de mapeamentos;
d) Produzir, organizar, manter e manipular base de dados geográficos no ambiente de sistemas de informações geográficas;
e) Configurar e operar equipamentos de posicionamento global por satélite de média e alta precisão para trabalhos de campo e pós-campo;
f) Manusear aplicativos computacionais de Sistemas de Informações Geográficas; g) Realizar coleta de material, empregando técnica e instrumentação adequada, para proceder a teste e processos técnicos;
h) Executar as atividades junto à equipe, indicando as melhores técnicas e acompanhando o desenvolvimento dos trabalhos;
 i) Trabalhar junto ao docente, nas aulas práticas de laboratório, preparando material, orientando alunos na execução de suas tarefas e informando sobre o uso das técnicas, instrumentos e equipamentos;
j) Participar de trabalhos de pesquisa, prestando assistência no estudo e desenvolvimento de projetos ou nos trabalhos de campo;
k) Planejar as necessidades de material e equipamentos como também controlar o estoque de material;
l) Aferir as condições operacionais, localizar e corrigir possíveis falhas, assim como dar assistência técnica na aquisição de produtos especializados;
 m)Colaborar nos programas de trabalho e participar de palestras, orientações e demonstrações;
n) Elaborar relatórios e outros documentos, comunicando os resultados das atividades, o desempenho de equipamentos e de metodologias aos setores interessados;
o) Cooperar na formação e treinamento de pessoal nas aulas práticas ministradas a estagiários e estudantes;
p) Manter a limpeza do local de trabalho e zelar pela sua manutenção;
q) Executar outras atividades correlatas compatíveis com a atividade profissional.

terça-feira, 28 de julho de 2015

Palestra Sustentabilidade e Dimensionamento de Cisternas


Graduação Tecnológica em Gestão Ambiental no Senac-RJ (Matrículas abertas)

Para os que ainda não sabem, eu dou professora no Curso de Graduação Tecnológica em Gestão Ambiental do SENAC-RJ, instituição reconhecida nacionalmente pela qualidade de seus cursos.

Você que está querendo trabalhar com meio ambiente ou mesmo mudar de área aproveite a oportunidade de fazer o curso da Faculdade de Tecnologia do Senac que fica na rua Santa Luzia, 732, no Centro do Rio de Janeiro, com acesso facilitado ao lado do metrô Cinelândia. Abaixo vejam mais informações do curso.

Inscrições
Faculdade de Tecnologia
Rua Santa Luzia, 732 / 2 andar - Centro. Rio de Janeiro - RJ
Telefone: (21) 2517-9200


Grade curricular


quarta-feira, 24 de junho de 2015

VOCÊ TERIA INTERESSE EM UM CURSO PREPARATÓRIO NO RJ PARA O CONCURSO DO IBAMA?



Em 2012 organizei uma turma junto com o professor Jorge Rios e estou pensando em abrir uma nova turma com foco neste concurso. Quem teria interesse? 

Por favor, respondam ao questionário no link a seguir para avaliarmos se seria viável abrir este curso preparatório nos próximos meses.




segunda-feira, 15 de junho de 2015

Funbio seleciona consultor para diagnóstico das cadeias produtivas no Vale do Ribeira no âmbito do Probio II

Funbio seleciona consultor para diagnóstico das cadeias produtivas no Vale do Ribeira no âmbito do Probio II

O Fundo Brasileiro para a Biodiversidade – Funbio inicia seleção de consultor individual para diagnóstico das cadeias produtivas existentes e potenciais, dentro e no entorno da Reserva Legado das Águas, área composta por três municípios (Juquiá, Miracatú e Tapiraí) da região do Vale do Ribeira.

O Projeto Nacional de Ações Integradas Público-Privadas para Biodiversidade – Probio II é fruto de uma parceria entre o Funbio, o Ministério do Meio Ambiente e o Banco Mundial (TF 091515), e conta com recursos do Global Environment Facility – GEF para promover a priorização e a integração (transversalização) da conservação e uso sustentável da biodiversidade nas principais estratégias de planejamento e práticas dos setores público e privado, bem como consolidar e fortalecer a capacidade institucional para produzir e disseminar informações e conceitos relevantes sobre biodiversidade.

Clique aqui e acesse o Termo de Referência (TdR)

Os interessados deverão encaminhar seus currículos para juliana.penna@funbio.org.br até a data de 26/06/2015.

No assunto do e-mail deve estar informado: Probio II – Seleção Cadeias Produtivas – CV.
Para uma 2ª etapa o Funbio entrará em contato apenas com os candidatos selecionados.




Fonte: http://www.funbio.org.br/funbio-seleciona-consultor-para-diagnostico-das-cadeias-produtivas-no-vale-do-ribeira-no-ambito-do-probio-ii/

IV Seminário Diálogos para a Prática do Desenvolvimento Sustentável


Seminário: Mudanças Climáticas e uso eficiente da água. Como se adaptar e manter a competitividade?


quarta-feira, 10 de junho de 2015

Inscrições para Voluntariado Ambiental na Secretaria de Meio Ambiente de Belo Horizonte

VOLUNTÁRIO - Região metropolitana de Belo Horizonte

A Gerência de Educação Ambiental - GEEDA - da Secretaria Municipal de Meio Ambiente / Prefeitura de Belo Horizonte (PBH) informa que está cadastrando estudantes candidatos(as) para o cumprimento de estágio obrigatório (não remunerado) com atuação na área de Educação Ambiental.

Áreas de formação: 
Estudantes de biologia, técnico em meio ambiente, geografia, serviço social, ciências sociais e áreas afins.

Carga horária mínima preferencial para estágio obrigatório exigida pelo curso do estudante: 200 horas
Carga horária semanal de estágio: 20 horas
Turno: manhã ou tarde

Locais:
  • Centro de Extensão em Educação Ambiental / Sala Verde (SMMA/PBH), Av. Afonso Pena, 4000 / 6º andar – Bairro Cruzeiro;
  • Centro Regional de Educação Ambiental Barreiro (CEA BARREIRO) Av. Ximango, 809 – Bairro Flávio Marques Lisboa, Barreiro de Cima (Parque das Águas);
  • Centro Regional de Educação Ambiental Norte (CEA NORTE) Rua Rubens de Souza Pimentel, 750 – Bairro Aarão Reis – (Parque N. S. da Piedade);
  • Centro Regional de Educação Ambiental Venda Nova (CEA VENDA NOVA) Rua Sebastião Gomes Pereira, 140 – Bairro Serra Verde (CEVAE Serra Verde).
Descrição das Atividades:Acompanhamento de atividades de Educação Ambiental como cursos, oficinas, visitas orientadas, trilhas e palestras; realização de pesquisas; atendimento ao público; organização e produção de materiais educativos; divulgação de atividades educativas; apoio a eventos de Educação Ambiental.

Características desejáveis:Facilidade de comunicação; desinibição; conhecimentos de informática em programas de edição de textos e planilhas, navegação de internet, correio eletrônico; interesse por questões ambientais; participação em atividades desenvolvidas pela Gerência de Educação Ambiental.

Inscrição no cadastro:Os interessados em se cadastrar deverão preencher o formulário no LINK

Revista Cadernos Metrópole volume 17: Artigos sobre a temática Águas Urbanas

O volume 17 da revista Cadernos Metrópole tem como tema as águas urbanas. Vejam abaixo os artigos publicados e clique nos links ou na capa da revista para realizar o download da revista.



ARTIGOS

Da lama ao caos: um estuário chamado Baía de Guanabara
Cadernos Metrópole, Vol. 17, 2015 (n.° 33), 15- [mais detalhes e download]
Maria Angélica Maciel Costa

Belém do Pará: cidade e água
Cadernos Metrópole, Vol. 17, 2015 (n.° 33), 41- [mais detalhes e download]
Juliano Pamplona Ximenes Ponte

Governança da água e inovação na política de recuperação de recursos hídricos na cidade de São Paulo
Cadernos Metrópole, Vol. 17, 2015 (n.° 33), 61- [mais detalhes e download]
Pedro Roberto Jacobi, Ana Paula Fracalanza, Solange Silva-Sánchez

A urgência das águas: intervenções urbanas em áreas de mananciais
Cadernos Metrópole, Vol. 17, 2015 (n.° 33), 83- [mais detalhes e download]
Angélica Tanus Benatti Alvim, Volia Regina Costa Kato, Jeane Rombi de Godoy Rosin

Gestão das águas e sustentabilidade: desafios globais e respostas locais a partir do caso de Seropédica, na Região Metropolitana do Rio de Janeiro
Cadernos Metrópole, Vol. 17, 2015 (n.° 33), 109- [mais detalhes e download]
Denise de Alcântara, Adriana Soares de Schueler

O Programa Minha Casa Minha Vida nas regiões metropolitanas de São Paulo e Campinas: aspectos socioespaciais e segregação
Cadernos Metrópole, Vol. 17, 2015 (n.° 33), 127- [mais detalhes e download]
Raquel Rolnik et al.

Gentrificação da cidade modernista: Brasília
Cadernos Metrópole, Vol. 17, 2015 (n.° 33), 155- [mais detalhes e download]
William Lauriano

As faces (in)visíveis da regeneração urbana: rua Riachuelo e a produção de um cenário gentrificado
Cadernos Metrópole, Vol. 17, 2015 (n.° 33), 179- [mais detalhes e download]
Andrei Mikhail Zaiatz Crestani

Construção técnico-política de governança metropolitana
Cadernos Metrópole, Vol. 17, 2015 (n.° 33), 201- [mais detalhes e download]
Maria do Livramento Miranda Clementino, Lindijane de Souza Bento Almeida

O lugar da opinião. A cidade e os espaços de produção social da opinião pública
Cadernos Metrópole, Vol. 17, 2015 (n.° 33), 225- [mais detalhes e download]
Maria da Penha Smarzaro Siqueira, Gilton Luis Ferreira

Fragmentación de escala y precarización. Referentes de la estructuración urbana convencional
Cadernos Metrópole, Vol. 17, 2015 (n.° 33), 243- [mais detalhes e download]
Rafael Monroy