sexta-feira, 12 de fevereiro de 2016

CONCURSO DA AMLURB (SP) - Vagas para Tecnólogos em Meio Ambiente ou Gestão Ambiental


Estão abertas até o dia 26/02 as inscrições para o concurso da Autoridade Municipal de Limpeza Urbana – AMLURB de São Paulo.

Tecnólogos em Meio ambiente ou Gestão Ambiental podem concorrer às 18 vagas de Analista de Ordenamento Territorial.

O salário para 40h de trabalho semanais é de R$ 5.392,96.

Vejam mais informações e o edital em https://www.pciconcursos.com.br/noticias/amlurb-retifica-edital-do-concurso-publico-com-176-vagas

Esta é uma ótima oportunidade para os gestores ambientais.

Inscrevam-se e boa sorte!!!

quinta-feira, 7 de janeiro de 2016

PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU ESPECIALIZAÇÃO EM GESTÃO AMBIENTAL (IFRJ Campus Nilópolis)


O Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Rio de Janeiro (IFRJ) torna público o edital contendo as normas referentes ao processo seletivo para as vagas remanescentes do programa de pós-graduação lato sensu em Gestão Ambiental no campus Nilópolis. Serão ofertadas oito vagas.

As inscrições estarão abertas entre os dias 25 de janeiro e 25 de fevereiro somente pela internet. Acesse o site www.ifrj.edu.br e imprima o formulário de inscrição, após preenchimento completo, gere e imprima a Guia de Recolhimento da União (GRU). A taxa de inscrição é de R$ 70,00.

Poderão se candidatar os portadores de diploma de graduação ou declaração de colação de grau emitida pela instituição de ensino superior, explicitada a data da colação, obtido em cursos reconhecidos pelo Ministério da Educação (MEC) e interessados em questões relacionadas às linhas e projetos de pesquisa do curso.

O candidato deverá enviar, dentro de um envelope pardo lacrado identificado com o nome, o curso e o número do edital, o formulário de inscrição, a fotocópia do documento de identidade oficial com foto, a GRU original paga ou, no caso dos solicitantes de isenção, a documentação descrita no item 2.5 do edital.

O processo seletivo terá quatro etapas: 1ª. avaliação escrita, 2ª. Exame de suficiência em Língua Inglesa, 3ª. análise do currículo e 4ª. arguição.

As aulas terão início no dia 24 de março.

EDITAL acesse aqui o Edital Nº. 003/2016

Público-alvo: Graduados em qualquer área de nível superior, interessados na resolução de questões ambientais no âmbito da Gestão Ambiental. 

Horários e dias do curso: Quintas-feiras das 18:00 às 22:00 horas e sábados das 07:00 às 12:00 horas 

Campus: Nilópolis 

Inscrição: 25 de janeiro a 25 de fevereiro de 2016


terça-feira, 5 de janeiro de 2016

Curso de Aperfeiçoamento Profissional em Restauração Ecossistêmica (Inscrições prorrogadas até 07/01)

Inscrições prorrogadas até 07/01







Calendário do Processo Seletivo:
- Inscrição: até 07/01/2016

- Aplicação da prova discursiva e entrevista individual: 07/01/2016

- Resultado final: 12/01/2016

- Início do curso: 15/02/2016


Mais informações

http://www.inea.rj.gov.br/Portal/Agendas/GESTAODEAGUAS/Pacto_das_Aguas/index.htm&lang=#ad-image-0

terça-feira, 29 de dezembro de 2015

Mestrado Profissional em Ambiente e Sustentabilidade - UERGS (Inscrições até 15/01/2016)














O Mestrado em Ambiente e Sustentabilidade possui uma proposta interdisciplinar, voltada a profissionais de diversas áreas, que produzirão trabalhos com aplicabilidade para atender as demandas socioambientais.

Seu principal objetivo é formar mestres em nível técnico-científico avançado, aptos a atuarem no diagnóstico, na prevenção, na solução e na gestão integrada de problemas ambientais, com vistas a buscar a manutenção e/ou melhoria da qualidade socioambiental em âmbito local, regional e nacional.

Serão três linhas de pesquisa: Sociedade, Ambiente e Desenvolvimento; Tecnologias Sustentáveis para o Desenvolvimento; Conservação e Manejo da Biodiversidade.

O curso será ofertado na Unidade da Uergs em São Francisco de Paula, na região dos Campos de Cima da Serra, reconhecida pela diversidade de áreas ambientalmente protegidas.


INSCRIÇÕES
Até 15/01/2016, presencialmente ou por SEDEX.


EDITAL
http://proppg.uergs.com.br/mestrado-ambiente/wp-content/uploads/2015/12/EDITAL_Mestrado_AMB_SUST_retificado_2016.pdf


CANDIDATOS
Podem candidatar-se ao Curso de Mestrado Profissional em Ambiente e Sustentabilidade os portadores de diploma de graduação em qualquer área de conhecimento, desde que reconhecido pelo Ministério da Educação (MEC), conselhos estaduais ou municipais de educação ou órgão equivalente. 
Em caso de cursos realizados no exterior, será obrigatória a revalidação no Brasil de acordo com as leis vigentes. 
No caso de candidato estrangeiro, é obrigatório a apresentação de visto para estudante ou visto permanente


LINHAS DE PESQUISA
1. Conservação e Manejo da Biodiversidade
2. Sociedade, Ambiente e Desenvolvimento
3. Tecnologias Sustentáveis para o Desenvolvimento


MAIS INFORMAÇÕES
http://proppg.uergs.com.br/mestrado-ambiente/


CONTATO
Localização: Unidade em São Francisco de Paula, situada na Rua Assis Brasil, 842, São Francisco de Paula, RS, Brasil.

Telefone: (54) 3244.2912.

E-mail: mestrado-ambiente@uergs.edu.br



CURSO DE APERFEIÇOAMENTO PROFISIONAL EM RESTAURAÇÃO ECOSSISTÊMICA (Inscrições até 30/12)


O Curso

Dentre as ações do Pacto em curso, destaca-se a parceria celebrada entre o Instituto Estadual do Ambiente, a Secretaria Estadual de Educação - SEEDUC, a Fundação Roberto Marinho e o Instituto Terra para promover a capacitação de jovens e formação de mão-de-obra qualificada para execução das ações de conservação e recuperação florestal. A iniciativa é de grande relevância para o êxito e alcance das metas do Pacto, além de promover a inclusão de jovens no mercado de trabalho, a geração de empregos “verdes” e o incremento da renda local.

O Curso de Aperfeiçoamento Profissional em Restauração Ecossistêmica, promovido pelo Instituto Terra, destina-se aos Técnicos em Agropecuária, Florestal e de Meio Ambiente e objetiva desenvolver a formação especializada em manejo para recuperação ambiental. Tendo como diferencial o enfoque prioritariamente prático, o curso é considerado uma referência nacional de sucesso e já formou 10 turmas e 98 técnicos, apresentado elevado índice de empregabilidade (82% dos formados encontram-se empregados).

Desde sua criação, a atuação do Instituto Terra é voltada para a bacia do Médio Rio Doce. A partir de 2016, em função de parceria celebrada com o Instituto Estadual do Ambiente e com a Fundação Roberto Marinho, o Instituto Terra estará ampliando sua área de atuação para o Estado do Rio de Janeiro, na Região Hidrográfica do Médio Paraíba do Sul, que abrange os municípios de Itatiaia, Resende, Porto Real, Quatis, Barra Mansa, Volta Redonda, Pinheiral, Valença, Rio das Flores, Comendador Levy Gasparian. Mendes, Rio Claro, Piraí, Barra do Piraí, Vassouras, Miguel Pereira, Paty do Alferes, Paraíba do Sul e Três Rios. Dessa forma, o Instituto Terra estará selecionando 10 (dez) alunos da Região Hidrográfica do Médio Paraíba do Sul (RJ) para a Turma 2016.


Características do Curso:
(i). Os alunos deverão residir no Instituto Terra (residência do NERE), no município de Aimorés - MG, em regime de semi-internato, durante todo o período de duração do curso (fevereiro a dezembro de 2016 - 11 meses);
(ii). Os selecionados terão direito gratuito ao curso, alimentação, hospedagem e uma ajuda de custo no valor de RS 140,00 (cento e quarenta reais) por mês.
(iii). Ao final do curso os alunos receberão um certificado de conclusão emitido pelo Instituto Terra.


Sobre o processo seletivo:
A seleção ocorrerá da seguinte forma:

(i) Os candidatos que deverão preencher a ficha de inscrição, que deverá ser encaminhada por e-mail ao Instituto Terra até o dia 30 de dezembro de 2015;
(ii) O Instituto Terra convocará os candidatos pré-selecionados para prova discursiva e entrevista individual que acontecerá no dia 06 e 07 de janeiro de 2016. O candidato deverá trazer para a entrevista o certificado de conclusão ou uma declaração de que finalizou o curso técnico. O não comparecimento à entrevista implicará em eliminação.
(iii). É importante ressaltar, que as despesas com transporte para a prova discursiva e entrevista ocorrerão por conta do candidato.
(iv). Somente serão contatados pelo Instituto os candidatos aprovados.

Para a próxima turma serão selecionados 10 (dez) alunos da Região Hidrográfica do Médio Paraíba do Sul (RJ) e 20 alunos da bacia do Rio Doce (MG e ES).


Da inscrição:
O processo de inscrição para a turma/2016 de Agentes em Restauração Ecossistêmica do Núcleo de Estudos em Restauração Ecossistêmica está em aberto e se encerrará no dia 30/12/2015. Os candidatos poderão fazer suas inscrições através do preenchimento e envio de Ficha de Inscrição pelos Correios ou pelos e-mails gladys@institutoterra.org ou luciano@institutoterra.org


Da seleção:
- O processo seletivo ocorrerá no dia 06 e 07 de janeiro de 2016, na Rua Tanguara, 247, Santa Cruz – Valença (Colégio Estadual Padre Sebastião da Silva Pereira), e abrangerá a realização de prova discursiva, no período da manhã, e de entrevistas individuais, no período da tarde.
- Os candidatos deverão trazer documento de identificação (RG, CPF ou CNH) e certificado de conclusão ou uma declaração de que finalizou o curso técnico.

Calendário do Processo Seletivo:
- Inscrição: até 30/12/2015

- Aplicação da prova discursiva e entrevista individual: 06 e 07/01/2016

- Resultado final: 12/01/2016

- Início do curso: 15/02/2016

Instituto Terra – Núcleo de Estudos em Restauração Ecossistêmica

Telefone: 33 3267-2302 / 2025 – ramal 30 ou 34 (aos cuidados de Gladys Nunes Pinto)

Email: gladys@institutoterra.org ou Luciano Suim luciano@institutoterra.org


Mais informações em: 
http://www.inea.rj.gov.br/Portal/Agendas/GESTAODEAGUAS/Pacto_das_Aguas/index.htm&lang=#ad-image-0

segunda-feira, 28 de dezembro de 2015

Concurso para o IBGE



O Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), anunciou no Diário Oficial da União desta segunda-feira (28), a abertura de dois Concursos Públicos.


VAGAS

Neste concurso o IBGE conta com vagas para diversas formações, dentre as quais estão:

Edital 01/2015
  • Analista: Análise em Biodiversidade (1), Auditoria (1), Engenharia Agronômica (3), Engenharia Civil (2), Geoprocessamento (12)
  • Tecnologista: Engenharia Cartográfica (3), Engenharia Florestal (3), Geografia (4), 

Edital 02/2015
  • 460 vagas para Técnico em Informações Geográficas e Estatísticas A I, distribuídas entre os Estados do Acre (5), Alagoas (8), Amazonas (7), Bahia (39), Ceará (24), Distrito Federal (20), Espírito Santo (9), Goiás (18), Maranhão (12), Minas Gerais (46), Mato Grosso do Sul (6), Mato Grosso (8), Pará (18), Paraíba (8), Pernambuco (25), Piauí (10), Paraná (31), Rio de Janeiro (36), Rio Grande do Norte (8), Rondônia (6), Rio Grande do Sul (30), Santa Catarina (17), Sergipe (8), São Paulo (56) e Tocantins (5).

SALÁRIO

Os salários variam entre R$ 3.098,85 e R$ 8.734,88, conforme os valores de gratificação ofertados em cada cargo. A jornada de trabalho é de 40 horas semanais.


INSCRIÇÕES

As inscrições ocorrem de 4 a 28 de janeiro de 2016, pelo site da organizadora, www.fgvprojetos.fgv.br, mediante o preenchimento do formulário disponível na página eletrônica, e pagamento das taxas nos valores de R$ 49,00 ou R$ 69,00, por GRU. Podem participar profissionais com ensino médio.

Os participantes serão submetidos às Prova Objetiva, Discursiva e Prática, de acordo com o método adotado em cada edital. A aplicação dos testes escritos está prevista para os dias 10 e 17 de abril de 2016.

A classificação final será válida por um ano, podendo ser prorrogada por igual período. Mais informações podem ser obtidas no edital de abertura disponível em nosso site.


EDITAIS

EDITAL DE ABERTURA Nº 001/2015

Doutorado em Clima e Ambiente (INPA/UEA)



O PPG-CLIAMB é um programa interinstitucional INPA/UEA que forma pesquisadores nos níveis de MESTRADO e DOUTORADO. O PPG-CLIAMB desenvolve pesquisas em diversas áreas tratando das questões dos impactos climáticos e ambientais na Amazônia advindos das mudanças de uso da terra na região e das mudanças climáticas globais, de maneira multi e interdisciplinar, na formação e treinamento de recursos humanos. Na linha de modelagem climática conta com laboratório de supercomputadores, com sítios experimentais, rede de monitoramento meteorológico e hidrológico, equipamentos de análise de qualidade do ar, sensores de aerossóis e química da atmosfera, além de acesso as bases de dados biofísicos, químicos, ecológicos e da biodiversidade.

Conta ainda com forte interação com projetos internacionais, como LBA (Programa de Grande Escala da Biosfera-Atmosfera na Amazônia), ATTO (Observatório com Torre Alta da Amazônia BRA/ALE), GoAmazon (Green Ocean Amazon – BRA/EUA), FACE (Free Air CO2 Enrichiment – BRA/EUA), e CHUVA (Cloud processes of tHe main precipitation systems in brazil: a contribUtion to cloud resolVing modeling and to the blobAl precipitation measurement), além de projetos nacionais e regionais, como a rede CLIMA e rede GEOMA, envolvendo instituições como USP, INPE, SIPAM, UFPA,UFOPA.

Os alunos tem possibilidade de realizar intercâmbios através de programas como Ciência Sem Fronteiras. Além de outros apoios em participação de eventos, através de programas mantidos pela FAPEAM, CAPES e CNPq. O aluno que ingressa no curso de pósgraduação adquire conhecimento em técnicas avançadas de modelagem climática/ambiental/hidrológica e monitoramento com sensores de ultima geração, de métodos e ferramentas de análise de dados modernas que permitem analise das questões sobre clima e ambiente na Amazônia.


EDITAL E OUTROS DOCUMENTOS

Chamada para seleção de candidatos ao doutorado em Clima e Ambiente - INPA/UEA

Ficha de Inscrição - CLIMA E AMBIENTE

Carta de Recomendação


ÁREAS TEMÁTICAS

Tema 01: Identificação de precursores de chuvas fortes em Manaus a partir das condições próximo da superfície; 
Tema 02: Investigar o papel da região Amazônica como "fonte de umidade" para as regiões sulistas, a partir de analise observacional e simulações numéricas; 
Tema 03: Variabilidade climática sobre a Amazônia desde escalas de tempo interanual a decadal; Tema 04: Hidrologia de grandes bacias; 
Tema 05: Química Atmosférica da Amazônia; 
Tema 06: Biogeoquímica e interações biosfera-atmosfera; 
Tema 07: Poluição urbana de Manaus e seus efeitos no ecossistema Amazônico; 
Tema 08: Impacto da atmosfera urbana de Manaus sobre sistemas meteorológicos; 
Tema 09: Modelagem da superfície continental e dinâmica de vegetação; 
Tema 10: Efeito do aumento da concentração de CO2 e disponibilidade de água na fisiologia de espécies de árvores da Amazônia;


INSCRIÇÕES 
As inscrições para participar da seleção de DOUTORADO EM CLIMA E AMBIENTE serão realizadas no período de 28 de dezembro de 2015 até 29 de janeiro de 2016, por meio de formulário de inscrição disponibilizado no site dos Programas de pós-graduação do INPA (http://portal.inpa.gov.br/index.php/editoria-b/editais). O formulário devidamente preenchido e assinado deve ser encaminhado em formato digital para o e-mail selecao.cliamb@gmail.com, juntamente com os documentos listados abaixo, também em formato digital.

segunda-feira, 21 de dezembro de 2015

PROMOÇÃO DO BLOG FALANDO DE MEIO AMBIENTE: 1500 CURTIDAS + NATAL - SORTEIO DE 7 LIVROS (Curta a página até dia 25/12/15)



A PROMOÇÃO:
Para comemorar as 1.500 curtidas e aproveitando o embalo do natal, o Falando de Meio Ambiente irá sortear sete livros técnicos sobre questões ambientais.


COMO PARTICIPAR:
Para participar siga os seguintes passos:
1) Curta a página do blog FALANDO DE MEIO AMBIENTE no facebook até o dia 30/12/2015;
2) Clique na na aba PROMOÇÕES;
3) Leia o regulamento;
4) Clique em QUERO PARTICIPAR.
5) Torça para ser o ganhador de um dos livros!
O link do sorteio é  https://www.sorteiefb.com.br/tab/promocao/515682


SOBRE O SORTEIO:
1) Curta a página falando de meio ambiente até o dia 30/12/2015;
2) O sorteio será realizado no dia 30/12/2015;
3) O resultado será divulgado na página, mas os ganhadores também serão avisados por mensagem in box;
4) Se você for sorteado, envie o seu endereço completo por mensagem no inbox da página;
5) O sorteio será realizada através de aplicativo específico Sorteie.me e o participante não escolherá o livro que irá ganhar;
6) Caso não tenha interesse pelo livro, o ganhador deverá informar por mensagem para que seja realizado um novo sorteio para o livro que ele ganhou;
7) Receba o seu livro e aproveite para estudar bastante.


LIVROS DO SORTEIO:
1) Recursos naturais e biodiversidade: preservação e conservação dos ecossistemas
Autores: Viviane Japiassú Viana e Rildo Pereira Barbosa

2) Legislação aplicada à agropecuária
Autores: Viviane Japiassú Viana e Paulo Roberto Barsano

3) Hidrologia
Autoria: Luciene Pimentel da Silva

4) Reciclagem e Sustentabilidade na Indústria Automobilística
Autor: Daniel E. Castro

5) Base legal para a gestão das águas do Estado do Rio de Janeiro: 1997-2013. 2a edição revisada e ampliada
Autores: Lívia Soalheiro e Romano, Rosa Maria Formiga Johnsson, Gláucia Freitas Sampaio, Moema Versiani Acselrad, Wallace Serafim Pavão

6) Bacia Hidrográfica dos Rios Guandu, da Guarda e Guandu-Mirim: Experiências para a gestão dos recursos hídricos (exemplar 1)
Organizadores: Décio Tubbs Filho, Julio Cesar Oliveira Antunes, Janaina Silva Vettorazzi

7) Bacia Hidrográfica dos Rios Guandu, da Guarda e Guandu-Mirim: Experiências para a gestão dos recursos hídricos (exemplar 2)
Organizadores: Décio Tubbs Filho, Julio Cesar Oliveira Antunes, Janaina Silva Vettorazzi

terça-feira, 15 de dezembro de 2015

TROCA TROCA SUSTENTÁVEL DE NATAL

Neste natal eu resolvi trocar o amigo oculto por algo diferente aqui em casa. Nós iremos realizar um TROCA TROCA SUSTENTÁVEL DE NATAL.

Indo na contra-mão da cultura consumista quase imposta nesta época,  daremos uma nova utilidade para objetos e livros que não estamos usando mais em casa. E o melhor disso tudo é que faremos isso sem deixar de nos divertir com os nossos familiares.

Vejam na figura abaixo como funciona a minha proposta. Espero que gostem! Compartilhem esta ideia.


segunda-feira, 14 de dezembro de 2015

Sobre o curso preparatório para concursos na área ambiental


Prezados leitores,

Tenho recebido muitas mensagens perguntando sobre o curso preparatório para concursos na área ambiental.

A realização do curso continua nos meus planos, no entanto, como os concursos previstos (Ibama, Icmbio, MMA, etc.) foram adiados devido aos cortes no orçamento federal, estou aguardando a confirmação dos editais para então propor o conteúdo e datas definitivas.

A única informação que posso passar por enquanto é que as aulas serão provavelmente presenciais na cidade do Rio de Janeiro e possivelmente também na modalidade a distância.

Assim que eu tiver maiores informações irei divulgar aqui no blog e na página do facebook.

Por enquanto, recomendo que vocês aproveitem o tempo que ganharam com o adiamento dos editais e vão estudando as principais legislações que foram exigidas nos últimos e editais e também aquelas mais recentes.

Vamos todos torcer para que os editais sejam publicados em 2016.


Abraços,

Viviane Japiassú Viana

quarta-feira, 18 de novembro de 2015

SEMINÁRIO INTERNACIONAL DE SANEAMENTO BÁSICO E AMBIENTAL: O DESAFIO DO REÚSO DE EFLUENTES COMO UMA SOLUÇÃO PARA A ESCASSEZ DE ÁGUA.

 

DATA
15 À 18 DE MARÇO DE 2016

LOCAL
FORTALEZA – CEARÁ - BRASIL

INSCRIÇÕES E INFORMAÇÕES

O EVENTO
O SISBA 2015 surge para provocar uma discussão propositiva sobre escassez de água, gestão e qualidade do saneamento ambiental e reúso de águas no Brasil e no Ceará, a partir de exemplos de vários estados federativos brasileiros e estrangeiros.

PÚBLICO ALVO
O evento espera atingir um público de 250 participantes, tendo como público alvo profissionais de empresas de saneamento, da indústria, da academia, de órgãos de meio ambiente e de gestão de recursos hídricos, de empresas fornecedoras, professores, engenheiros civis, engenheiros sanitaristas e ambientais, engenheiros químicos, engenheiros mecânicos, agrônomos, tecnólogos, assim como todos os profissionais indiretamente relacionados com o tema.

OBJETIVOS GERAIS
Promover uma apresentação de trabalhos bem como uma discussão propositiva de ações para as questões de saneamento ambiental e de escassez de água, a partir de estudos de especialistas de vários estados brasileiros e de outros países, de forma a influenciar mudanças no cenário atual brasileiro. Teremos a apresentação de 34 casos de sucesso ou resultados de estudos sobre alternativas de saneamento e soluções na questão da escassez de água, 8 palestras, 2 mesas redondas e 1 plenária para debates.

COORDENAÇÃO
A coordenação geral do evento está a cargo da Associação Brasileira de Engenharia Sanitária e Ambiental do Ceará – ABES-CE, tendo em sua organização duas comissões responsáveis pela organização do mesmo.

Falando de meio ambiente: sobre a movimentação do FGTS pelos afetados por desastres "naturais" (O Decreto 8.572/2015)


Estamos todos chocados com o desastre ocasionado pelo rompimento das barragens de rejeitos da Samarco em Minas Gerais. Neste momento, é fundamental que possamos compreender o cenário político e socioeconômico que leva à ocorrência deste tipo de desastre.

Muitas notícias têm sido veiculadas na imprensa e não faltam relatos a respeito dos danos aumentam a cada dia na medida em que a lama avança rio abaixo atingindo mais e mais municípios e aumentando o número de pessoas, animais e vegetação afetados.

Decreto n. 5.113, de 22 de junho de 2004, estabeleceu a possibilidade de utilização do FGTS em situações de emergência.

"Art. 1o O titular de conta vinculada do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço - FGTS que resida em área do Distrito Federal ou de Município, em situação de emergência ou estado de calamidade pública objeto de decreto do respectivo Governo, poderá movimentar a referida conta por motivo de necessidade pessoal, cuja urgência e gravidade decorram de desastre natural."


Decreto n. 8.572/2015 publicado no dia 13 de novembro, alterou o decreto n. 5.113/2004, com a finalidade de contemplar também os afetados pelo rompimento da barragem de rejeitos da Samarco em Mariana - MG.

Art. 1º O Decreto nº 5.113, de 22 de junho de 2004, passa a vigorar com as seguintes alterações:
“Art. 2º .... Parágrafo único. Para fins do disposto no inciso XVI do caput do art. 20 da Lei nº 8.036, de 11 de maio de 1990, considera-se também como natural o desastre decorrente do rompimento ou colapso de barragens que ocasione movimento de massa, com danos a unidades residenciais.” (NR)

Esta alteração gerou muita polêmica nas redes sociais e por este motivo resolvi me manifestar.


A MINHA OPINIÃO 

Não podemos nos esquecer que situações de emergência demandam medidas emergenciais. Infelizmente isto às vezes implicam em "contornar" os procedimentos burocráticos previstos pela legislação em vigor.

O decreto coloca o acidente no mesmo pacote dos desastres naturais, o que pode ser adotado como argumento pela empresa poluidora futuramente. No entanto, é importante ressaltar que:
  1. Ele tem finalidade específica voltada para a retirada do FGTS;
  2. Ele não desobriga a empresa a custar a reparação dos danos e tomar as medidas cabíveis para mitigar os impactos imediatos ao meio ambiente e à população;
  3. O FGTS não deve ser encarado como uma solução para a população atingida resolver seus problemas, mas como eu disse anteriormente, emergências demandam medidas emergenciais;
  4. A utilização do FGTS não implica na desresponsabilização da empresa poluidora. O que significa que os moradores afetados poderão solicitar na justiça o reembolso do valor sacado do fundo, além das indenizações e reparações devidas.
O tema é polêmico e o acidente está na pauta das discussões das redes sociais. Isto para mim é um bom sinal e demonstra que:
  1. a população está começando a se indignar com a poluição ambiental e o descaso com que as grandes corporações têm tratado os nossos recursos naturais.
  2. a população está em alguma medida começando a acompanhar a legislação e as estratégias governamentais para lidar com este tipo de emergência;
  3. as pessoas têm sede de informação e os especialistas estão se mobilizando para atender esta demanda de alguma forma;
  4. a internet não permite mais que as grandes corporações divulguem a sua própria verdade e omitam a real extensão dos danos ambientais e humanos causados por suas atividades;
  5. as tecnologias (imagens de satélite, softwares de geoprocessamento, vídeos do youtube, etc) têm de fato emponderado as populações afetadas e elas estão ganhando força e espaço para denunciar a real situação dos municípios atingidos. 
O assunto é polêmico e complexo e portanto, diversas interpretações podem surgir. Para maior esclarecimento, eu compartilho abaixo links para vocês acessarem a opinião de outros especialistas.


DECLARAÇÕES DE OUTROS ESPECIALISTAS E DO GOVERNO (para ler cada declaração, clique nos links dos títulos)

1) Decreto que libera FGTS para vítimas não isenta mineradora de responsabilidade
Ministério da Integração Nacional

Dr. Mauricio Guetta, advogado especialista em políticas públicas no Instituto Socioambiental - ISA.
(Compartilhado na página do facebook do movimento "Em Defesa dos Territórios Frente a Mineração"

3) DECRETO FEDERAL EXCLUI RESPONSABILIDADE DAS MINERADORES EM ROMPIMENTO DE BARRAGEM? 
Dáfani Reategui -Advogada

quarta-feira, 28 de outubro de 2015

LIVROS SOBRE QUESTÕES AMBIENTAIS - PROMOÇÃO NO SITE SUBMARINO

APROVEITEM A PROMOÇÃO DE LIVROS DO SUBMARINO PARA ADQUIRIR OS LIVROS SOBRE QUESTÕES AMBIENTAIS DE MINHA COAUTORIA.

Para ter um desconto ainda maior escreva QUEROLIVROS no cupom de promoção!






Recursos Naturais e Biodiversidade: Preservação e Conservação dos Ecossistemas 

segunda-feira, 26 de outubro de 2015

Processo Seletivo para Professor Substituto na Universidade Federal de Juiz de Fora (UFJF)


A Pró-Reitora de Recursos Humanos da Universidade Federal de Juiz de Fora, no uso de suas competências, delegadas pela Portaria N° 1.182, de 15 de setembro de 2014 comunica que estarão abertas as inscrições do Processo Seletivo Simplificado para Contratação de Professor Substituto.

O período para os candidatos se inscreverem vai desta terça-feira, dia 27, até 3 de novembro. As inscrições devem ser feitas pessoalmente das 9h às 12h e das 13h às 16h, nas secretarias das unidades acadêmicas.

EDITAL Nº 18/2015 - Processo Seletivo Simplificado
http://www.ufjf.br/concurso/files/2015/01/Edital-18-2015.pdf
  • Seleção 105: Depto. de Engenharia Sanitária e Ambiental - Campus Juiz de Fora Processo nº 23071.009447/2015-09 Nº Vaga(s): 01(uma) Regime de Trabalho: 40 horas semanais a) ÁREA DE CONHECIMENTO BÁSICO: Introdução às Ciências do Ambiente; Biologia Sanitária e Ambiental; Microbiologia Sanitária e Ambiental.
  • Seleção 106: Depto. de Engenharia Sanitária e Ambiental - Campus Juiz de Fora Processo nº 23071.009448/2015-45 Nº Vaga(s): 01(uma) Regime de Trabalho: 40 horas semanais a) ÁREA DE CONHECIMENTO BÁSICO: Tratamento de Esgotos e Controle da Poluição das Águas. 
  • Seleção 107: Depto. de Engenharia Sanitária e Ambiental - Campus Juiz de Fora Processo nº 23071.012541/2015-37 Nº Vaga(s): 01(uma) Regime de Trabalho: 40 horas semanais a) ÁREA DE CONHECIMENTO BÁSICO: Planejamento e Gestão de Resíduos Sólidos; Tratamento de Resíduos Sólidos
  • Seleção 123: Depto. de Geociências - Campus Juiz de Fora Processo nº 23071.011284/2015-16 Nº Vaga(s): 02(duas) Regime de Trabalho: 40 horas semanais a) ÁREA DE CONHECIMENTO BÁSICO: Cartografia; Geografia e Educação.

segunda-feira, 5 de outubro de 2015

PNUMA contrata consultor



O Programa das Nações Unidas para o Meio Ambiente (PNUMA) lança processo seletivo para contratação de de consultor para delimitar o escopo das atividades de elaboração de proposta de Monitoramento, Reporte e Verificação (MRV) doméstico, aplicável aos setores emissores de Gases de Efeito Estufa (GEE) no Brasil.

O candidato precisa ter Graduação em engenharia (química, ambiental, florestal e outras), gestão ambiental, química, física, economia, biologia, geografia, ou áreas afins, além de 6 anos de experiência em mudanças climáticas.

O prazo para apresentação de candidaturas encerra-se em 14 de outubro 2015. Para mais detalhes em português, clique aqui, e em inglês, aqui.