quinta-feira, 1 de dezembro de 2016

MBA Gestão e Tecnologias Ambientais na USP

Gestão e Tecnologias Ambientais na USP

Estão abertas as inscrições para o MBA-USP em Gestão e Tecnologias Ambientaisdo Programa de Educação Continuada PECE da Escola Politécnica da USP.

Início das Aulas: A partir de 13 de fevereiro 2017.
Carga horária: 420 horas
Certificação Oficial: Universidade de São Paulo – USP e Escola Politécnica.

Dado o caráter aberto do curso e da interdisciplinaridade da Gestão Ambiental, o curso é voltado para profissionais das mais diferentes áreas de atuação – engenheiros, administradores, advogados, profissionais da área da saúde, etc – não sendo necessária vivência anterior na área ambiental.

Conheça mais sobre o curso e inscreva-se aqui!

Para maiores informações entre em contato com o Centro de Apoio ao Aluno:
E-mail: atendimento@pecepoli.com.br
Telefone: (11) 2998-0000

sexta-feira, 28 de outubro de 2016

Curso de Capacitação em Licenciamento Ambiental (26/11 e 03/12 no Rio de Janeiro)


Venha aprender sobre os aspectos legais e procedimentos administrativos do Licenciamento Ambiental. O grande diferencial dos cursos da JAPIASSÚ AMBIENTAL é a apresentação do conteúdo com exemplos reais, dando dicas sobre o passo a passo para que o profissional saiba onde encontrar as informações necessárias para realizar o seu trabalho.

Nessa segunda turma, as aulas também irão contar com atividades práticas de simulação de um processo completo de Licenciamento Ambiental considerando um estudo de caso. Não perca esta oportunidade e garanta já a sua matrícula.

FORMULÁRIO DE INTERESSEhttps://lnkd.in/dTSiAAe

Mais informações:

E-mail: japiassuambiental@gmail.com
Telefones: (21) 98820-5767 | 3592-5767




Vejam os depoimentos dos alunos da 1ª turma.


quinta-feira, 27 de outubro de 2016

VAGAS NA ÁREA AMBIENTAL: DIA 27/10/2016


Coordenador de Segurança e Meio Ambiente I
Local: Pará / BR
Empresa: Natura Cosméticos
Atividades: coordenação das estratégias da empresa referentes à segurança no trabalho e meio ambiente, objetivando objetivando a promoção de ambientes sem riscos aos colaboradores, prestadores de serviços e visitantes, bem do meio ambiente, no âmbito das unidades do Grupo Natura. Aprimorar a gestão de segurança, etc.

Consultor Geoprocessamento
Empresa: Hope RH - Pleno
VAGA TEMPORÁRIA- COBERTURA DE LICENÇA MATERNIDADE.
Formação: Engenheiro Cartográfico, Engenheiro de Geodésia ou Analista de Sistemas.
Experiência especifica em análise de dados ambientais e avaliação ambiental de projetos utilizando ferramentas de geoprocessamento.
Enviar pretensão salarial
Local de atuação: Centro RJ
Local: Contagem / MG
Júnior/Trainee
•Desenvolver campanhas educativas para a proteção ao meio ambiente, visando à conservação dos recursos naturais operação e outorga de uso de água junto aos órgãos ambientais. 
• Cumprir as condicionantes da licença ambiental avaliar e acompanhar as condições das variáveis ambientais relacionadas aos projetos e obras, atividades danos amb...
Local: Piracicaba / SP
Realizar treinamentos sobre as informações informações relacionadas ao Sistema de Gestão Ambiental; Realizar patrulhas nas áreas a fim de checar se elas seguem os procedimentos do Sistema de Gestão Ambiental, Normas e Leis Ambientais vigentes; Realizar ISO 14001 e procedimentos do SGA, etc...

Analista Ambiental
Local: Altamira / PA / BR
FORMAÇÃO: Graduação em Engenharia de Pesca.
ATRIBUIÇÕES DO CARGO:
Acompanhar e avaliar tecnicamente a execução e os resultados dos projetos de Ictiofauna, Pesca Sustentável e Aquicultura de Peixes Ornamentais;
Realizar supervisão em campo dos monitoramentos de desembarque pesqueiro;
Elaborar fichas para a coleta de dados de desembarque pesqueiro em campo, bem como a análise de consistência, organização dos mesmos em banco de dados e realizar análises estatísticas; etc

Local: São Paulo / SP
Atuará em questões que envolvem: Legislação ambiental; Consultas relacionadas as dúvidas sobre certificação certificação, danos e responsabilidade ambiental; Assessoria e licenciamento de projetos; Auditorias
Local: Manaus / AM
Empresa: Essilor Brasil
Pré-Requisitos:
• Formação em Engenharia;
• Experiência anterior nas áreas de Qualidade ou Engenharia;
• Habilidades em Gerenciamento de Projetos na Metodologia Six Sigma;
• Experiência em gestão/controle de orçamento;
• Sólidos conhecimentos em Estatística e ferramentas de Qualidade;
• Fluência em inglês é obrigatório.
Atividades:
Reportando-se diretamente ao Diretor da EDAM (fábrica), esse Gerente será responsável pela qualidade de Produtos e Processos, Satisfação do Cliente, conformidade dos produtos e serviços com as especificações globais da Essilor, Programa de Melhoria Contínua e desenvolvimento das equipes de Qualidade, Meio Ambiente e Melhoria Continua.

Supervisor de Meio Ambiente
Local: Linhares / ES
Empresa: Leão Alimentos e Bebidas Brasil - The Coca-Cola Company
Escolaridade: Superior Completo em Engenharia, Administração, Química, Gestão Ambiental, Ciências Biológicas
Local: Sorocaba / SP
Empresa: SCHAEFFLER BRASIL LTDA 
Atividades: -Acompanhar a legislação vigente relacionada à área ambiental e tomar ações preventivas e corretivas quando segurança do trabalho. - Controlar a qualidade ambiental de efluentes, solo e emissões atmosféricas.
- Formação: Superior Completo em Engenharia Ambiental. Pós-Graduação em Segurança do Trabalho. 
Local: São Paulo / BR
Empresa: CONCREMAT
Formação: Engenharia Civil Engenharia de Meio Ambiente Geologia Desejável Pós-Graduação na área projetos de Investigação, Remediação e Obras Ambientais. 
Principais atividades do Cargo: Desenvolvimento resultados e projeções de contratos de projetos ambientais; Desenvolvimento técnico e orçamentário de projetos de Investigação. etc.

Local: Pará / BR
Natura Cosméticos - Supervisão/Coordenação
à segurança no trabalho e meio ambiente, objetivando a promoção de ambientes sem riscos aos colaboradores do meio ambiente, no âmbito das unidades do Grupo Natura. Aprimorar a gestão de segurança e meio ambiente programas, normas e instruções de conservação do meio ambiente, zelando pela su...
Local:  São José / SC
Formação: Engenharias Pós-Graduação em Saúde, Segurança e Meio Ambiente 
Sumário das atividades da área da saúde, segurança e meio ambiente. 
Principais atividades do Cargo: Profissional Fiscalização de atividades de Saúde, Segurança e Meio Ambiente. 

Local: Sorocaba / SP 
Empresa: SCHAEFFLER BRASIL LTDA
relacionadas à segurança do trabalho, saúde e meio ambiente, garantindo a aplicabilidade das normas regulamentadoras acompanhar indicadores ambientais e ocupacionais. - Desenvolver levantamentos ambientais para detecção de resíduos. - Monitorar e renovar as licenças ambientais referente à segurança do trabalho. 
Local: São José dos Campos / SP
Atividades: Cumprimento das normas de segurança do trabalho e meio-ambiente; Auxiliar na preparação do parecer técnico necessárias aos termos de segurança do trabalho e meio-ambiente. Realizar auditorias internas e externas referentes referentes às normas de segurança e meio-ambiente. REQUISITOS:  Ensino Médio / técnico em segurança do trabalho

Local: Várzea Grande / MT
Empresa: Solar BR
Requisitos: Formação técnica em Química; Conhecimento no pacote Office. Será responsável por: Operação e Controle de Qualidade das Estações de Tratamento de Água e Efluentes (ETA/ETE). Regime de Contratação: CLT 
Benefícios: Plano de saúde; Plano odontológico; Vale Alimentação; PRS (Participação nos Resultados Solar).

Local: São Paulo / SP
Empresa: Votorantim Cimentos
Atividades: trabalhos e capacitar a brigada de emergência por meio de treinamentos e simulações. Monitorar e contribuir Contribuir e apoiar as atividades de segurança por meio das inspeções GANA e atividades de rotina. Realizar diferencial. Desejável conhecimento na área de meio ambiente. Formação: Formação Técnica (Técnico Segurança do trabalho)
Local: Campo Grande / MS
Empresa: Votorantim Cimentos
Atividades: trabalhos e capacitar a brigada de emergência por meio de treinamentos e simulações. Monitorar e contribuir Contribuir e apoiar as atividades de segurança por meio das inspeções GANA e atividades de rotina. Realizar diferencial. Desejável conhecimento na área de meio ambiente. Formação: Formação Técnica (Técnico Segurança)

Local: Distrito Federal / BR
Empresa: Votorantim Cimentos
Atividades: Agendamento e acompanhamento dos monitoramentos ambientais Treinamentos Apoio a Gestão de Resíduos Gestão Gestão Financeira Gestão de Indicadores Ambientais 
- Requisitos: Excel intermediário
- Formação: A partir do 3º semestre dos cursos Engenharia Ambiental; Gestão Ambiental; Biologia ou Engenharia Florestal

Local: Limeira / SP
Empresa: Maxion Wheels Limeira
*Cursando Graduação > Tecnólogo Ambiental, Engenharia Ambiental *Conclusão do curso em 2017/2018;
Local: Hortolândia / SP
AMSTED-MAXION EQUIPAMENTOS E SERVIÇOS FERROVIÁRIOS S.A. 
Pré Requisito: Cursando superior em Engenharia Ambiental Atividades: Auxílio na análise de requisitos requisitos legais relativos ao Sistema de Gestão Ambiental; Acompanhamento em Auditoria em fornecedores; Acompanhamento e Auxílio nas auditorias do Sistema de Gestão Ambiental para implementação/manutenção da ISO 14001:2015;

Estágio em área Regulatória
Local: São Paulo / SP
Empresa: SYNGENTA
Qualificações e Requisitos:
• Estudantes de Engenharia Ambiental, Biologia, Agronomia, Veterinária, Farmácia ou Biomedicina com disponibilidade para 2 anos de contrato (Formação em dezembro de 2018 para frente)
• Conhecimento básico do Pacote Office (Excel, Power Point, Word)
• Inglês intermediário
• Disponibilidade para estagiar 6 hs diárias
• Excelente comunicação e relacionamento
• Vontade de aprender
• Persistência e dinamismo
Local:  Curitiba / PR
Empresa: BOSCH - Estágio
•Cursando a partir do 5º semestre de Arquitetura ou Engenharia Civil;
•Inglês Fluente / Alemão Diferencial;
•Conhecimento Básico no Pacote Office, AutoCAD, Softwares de Modelagem e Arquitetura;
•Boa Comunicação com diversos níveis (Condução de Obra e Discussão de Projetos);
•Disponibilidade para atuar de segunda a sexta-feira das 08:00h às 15:00h.

Local: Cantagalo / RJ
Lafarge Holcim 
Local: área de Meio Ambiente na Fábrica de Cantagalo.
Formação: Cursando Técnico em Química ou Meio Ambiente 
Principais stakeholders: Secretaria Municipal de Meio Ambiente e Órgão Ambiental do Rio de Janeiro;
 - Visita área industrial para monitoramento dos aspectos ambientais;
 - Participação de reuniões internas ...

sexta-feira, 5 de agosto de 2016

MEIO AMBIENTE E OLIMPÍADAS RIO 2016: Nota 10 na cerimônia de abertura e nota insuficiente nas atitudes


Foi linda a cerimônia de abertura dos jogos olímpicos 2016! A mensagem da sustentabilidade esteve presente nos materiais utilizados, nas mudas levadas pelas crianças acompanhando cada delegação, nas sementes que os atletas plantaram, no vídeo sobre aquecimento global e nessa linda imagem do símbolo olímpico formado por árvores. É uma linda mensagem, mas ainda precisamos fazer muito para que possamos nos orgulhar da postura de nosso país quanto ao meio ambiente.

No placar da defesa do meio ambiente, o Brasil está mal, eu diria que ele está desclassificado. Porquê?

Listei abaixo apenas 15 questões socioambientais críticas que são realidade no nosso Brasil olímpico e que merecem a atenção de todos nós brasileiros.

1) Golfe na área de proteção ambiental: Saibam que o campo de golfe construído para as olimpíadas foi instalado em áreas de proteção ambiental indo de encontro com o que prega a legislação;

2) Injustiça socioambiental: Notem que na cidade do Rio de Janeiro, no que diz respeito à criação de áreas verdes e áreas de lazer, o tal legado olímpico se concentrou esforços e recursos nas mesmas áreas de sempre, deixando em segundo plano a área onde se concentra a maior parte da população carioca que é na zona norte;

3) Assassinatos de ativistas ambientais: Lembrem que é no território brasileiro que mais se mata ativistas ambientais;

4) Desastres ambientais (tecnológicos): Não se esqueçam do desastre de Mariana e dos atingidos que até hoje aguardam uma solução. E dos valores de multas insignificantes diante dos danos causados;

5) Desastres socio-naturais:
Devido ao crescimento das cidades costumeiramente desvinculado do Planejamento urbano, os riscos de desastres "naturais" relacionados a inundações, secas e deslizamentos de massa são altos em nossos centros urbanos. Apesar dos avanços em termos legais e institucionais ocorridos depois do megadesastre da Região Serrana em 2011, os setores de planejamento urbano e defesa civil tem sofrido cortes orçamentários significativos nos últimos meses, o que coloca em risco os resultados obtidos e aumenta a vulnerabilidade da população aos desastres;

6) Ameaças ao licenciamento ambiental: Fiquem atentos e briguem contra essa força de "rolo compressor" que insiste em desmontar o licenciamento ambiental para permitir o crescimento a qualquer preço;

7) Território desigual: Notem e se indignem com a justiça socioambiental promovida na gestão do território que de modo geral é orientada pelos desejos de uma minúscula parcela da população em função de interesses e poderes políticos e econômicos;

8) Desrespeito e assassinato de povos indígenas: É bem verdade que a história da colonização do Brasil começa com o desrespeito aos indígenas e assassinato em massa desses povos que são a verdadeira família tradicional brasileira. Nosso país tem legislação e um órgão específico (Funai) para cuidar dos direitos dos índios, porém os últimos meses têm ocorrido verdadeiros massacres decorrentes de atitudes extremamente covardes dos "donos de terras" das regiões norte e centro-oeste do país, porém pouco ou quase nada se fez a respeito;

9) Lixões não encerrados: Saibam que apesar da Política Nacional de Resíduos Sólidos ter estabelecido em 2010 o prazo de 4 anos para a erradicação dos lixões no Brasil, estamos em 2016 e o prazo foi prorrogado porque a maioria dos municípios não cumpriu essa determinação. Ainda temos muitos municípios brasileiros enviando os resíduos sólidos urbanos para os lixões;

10) Saneamento básico deficitário (lixo): Saibam que mesmo com todos os esforços que tem sido feitos e apesar de todas as promessas e recursos investidos, boa parte da população brasileira não é atendida por Serviço de coleta regular de resíduos sólidos (lixo)

11) Muito esgoto lançado nps rios: No quesito saneamento também deixamos a desejar no tratamento do esgoto sanitário. Isso porque, ainda temos brasileiros que não tem seu esgoto coletado e do total coletado, grande parte não é tratado. Logo, ainda estamos despejando volumes inaceitáveis de esgoto em nossos rios;

12) Tem brasileiro sem água potável: Ainda falando de saneamento, parte da população brasileira não é atendida por serviços públicos de abastecimento de água. Isso é um problema muito grave de saúde pública, já que as doenças de veiculação hídrica constituem a principal causa de mortalidade infantil no mundo;

13) Invasão dos transgênicos: Na contra-mão do que muitos países tem feito, o Brasil abriu as portas para as sementes transgênicas no cultivo agrícola decidindo inclusive que os produtores e fabricantes que usam esse transgênicos nos produtos alimentícios não precisam mais informar aos consumidores sobre a existência de transgênicos nos produtos vendidos;

14) Agrotóxicos em excesso em nossas mesas: mesmo que sejam indiscutíveis os riscos que os agrotóxicos oferecem à saúde humana, o Brasil continua sendo recordista de consumo desses produtos. Assim nós brasileiros consumimos quantidades absurdas de agrotóxicos todos os dias ao nos alimentarmos;

15) Poluição do ar: Os índices de poluição do ar em muitas cidades brasileiras não é satisfatório. No Rio de Janeiro e em São Paulo, esses índices são especialmente altos, o que contribui para o aumento de problemas respiratórios e cardíacos na população. Fiquem atentos pois estão pensando em autorizar a venda de veículos de passeio a diesel no Brasil. Se isso for aprovado, daremos muitos passos para trás depois de muitos esforços para melhorar a qualidade do ar em nossas cidades.ais veículos movidos a diesel resultará em aumentos significativos da concentração de Material Particulado (MP) em nossas cidades, aumentando o risco de doenças respiratórias e cardíacas.


Esses são apenas 15 dos diversos problemas socioambientais que assolam as nossas cidades e colocam o nosso país em uma posição nada boa no quesito ambiental. No entanto, outras dezenas de fatos poderiam ser citados aqui que demonstra a urgência de tomarmos ações mais enérgicas para reverter esse quadro.

Vamos torcer para ganharmos muitas medalhas nos esportes dos jogos olímpicos. Porque na categoria Meio Ambiente estamos perdendo feio...


Texto: Viviane Japiassú Viana - Dra em Ciências Ambientais

Foto: Diário do Rio


sexta-feira, 15 de julho de 2016

Vagas para Analista Ambiental (1) e para Técnico Ambiental (1) na FUNDAÇÃO PARQUE TECNOLÓGICO ITAIPU - BRASIL



A FUNDAÇÃO PARQUE TECNOLÓGICO ITAIPU - BRASIL está com duas vagas abertas para atuação na área ambiental: 1 vaga para Analista Ambiental e outra para Técnico Ambiental, conforme informações a seguir.

INSCRIÇÕES

Período de inscrições: De 15/07/16 até as 23h59 de 31/07/16

Para inscrever-se no processo seletivo, os candidatos deverão preencher a Ficha de Inscrição (Clique aqui para baixar .doc | .odt ) e enviá-la para o e-mail curriculo@pti.org.br

Orientações Gerais - .pdf


Técnico de Nível Superior - Analista Ambiental
Carga horária semanal: 44h

Regime de contratação: CLT com contrato por tempo indeterminado

REQUISITOS MÍNIMOS
 • Ensino superior completo nas áreas: Ambiental, Biologia, Geografia, Geoprocessamento e áreas afins;
• Experiência básica em softwares de geoprocessamento gvSIG, Qgis e Envi;
• Conhecimentos em informática a nível usuário em planilhas eletrônicas, gerenciador de textos e apresentações e internet;
• Carteira de habilitação B;
• Disponibilidade para viagens;
• Habilidades: organização; capacidade de negociação; boa comunicação oral e escrita; criatividade; fidelidade aos compromissos assumidos; capacidade de atuar em equipes multidisciplinares; dinamismo;
• Atitudes: Iniciativa, disciplina, persistência, buscar soluções para problemas diversos, tolerância, postura pró-ativa, confiança, comprometimento.

HABILIDADES E CONHECIMENTOS DESEJÁVEIS 
• Experiência em Sensoriamento remoto;
• Experiencia em projetos de analise de dados geográficos;
• Conhecimentos em Banco de Dados Geográficos (PostgreSQL/Postgis);
• Desejável conhecimento nas áreas de Gestão de Bacias Hidrográficas, Gestão Territorial, Energias Renováveis, Levantamento de Campo.
• Desejável conhecimento e experiência em atividades de campo;

Mais informações sobre a vaga no edital (clique aqui)



Assistente técnico - Técnico Ambiental
Carga horária semanal: 44h

Regime de contratação: CLT com contrato por tempo indeterminado

REQUISITOS MÍNIMOS
• Ensino Médio Técnico completo nas áreas agrícola, agropecuária, ambiental, gestão ambiental, tecnologia ambiental ou áreas correlatas (reconhecido pelo Ministério da Educação MEC);
• Experiência miníma de 06 meses nas atividades a serem desenvolvidas;
• Carteira de habilitação B definitiva;
• Disponibilidade para viagens;
• Conhecimentos em informática a nível usuário em planilhas eletrônicas, gerenciador de textos e apresentações e internet;
• Habilidades: organização, capacidade de negociação, boa comunicação oral e escrita, criatividade, fidelidade aos compromissos assumidos, capacidade de atuar em equipes multidisciplinares, dinamismo;
• Atitudes: Iniciativa, disciplina, persistência, buscar soluções para problemas diversos, tolerância, postura positiva (pró-ativa), postura profissional e ética, confiança, versatilidade, flexibilidade, autocontrole emocional, comprometimento, busca do aperfeiçoamento contínuo.

HABILIDADES E CONHECIMENTOS DESEJÁVEIS 
• Desejável conhecimento nas áreas de Gestão de Bacias Hidrográficas, Gestão Territorial, Energias Renováveis, Levantamento de Campo, Licenciamento Ambiental;
• Desejável conhecimento e experiência em atividades de campo;
• Desejável idioma inglês e espanhol;
• Desejável habilidades em comunicação interpessoal em público. 4

Mais informações sobre a vaga no edital (clique aqui)


segunda-feira, 11 de julho de 2016

Mestrado e o Doutorado em Ciências Ambientais e Florestais (UFRRJ) - Inscrições abertas








Estão abertas as inscrições para o Mestrado e o Doutorado no Programa de Pós-Graduação em Ciências Ambientais e Florestais da Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro - UFRRJ.

 As inscrições serão feitas na Divisão Acadêmica da Pró-reitoria de Pesquisa e Pós-Graduação (PROPPG) situada no Prédio Principal da UFRRJ (P1), sala 115, Tel. (21) 2682-1201, no período de 11 de julho a 07 de outubro de 2016, no horário de 10:00 às 11:30 e de 13:00 às 15:00 horas, de segunda à sexta-feira, mediante a entrega da documentação prevista no edital. Também é aceita a inscrição com envio da documentação pelo correio.

Atualmente, o Programa conta com três áreas de concentração:
1) Conservação da Natureza,
2) Ciência e Tecnologia de Produtos Florestais, 
3) Silvicultura e Manejo Florestal. 


Os editais, formulários e critérios podem ser consultados no site da UFRRJ no seguinte link:

sábado, 9 de julho de 2016

CURSO GRATUITO EM SP - GESTÃO DE RECURSOS NATURAIS E AMBIENTAIS: CONCEITOS E PROBLEMAS


A Escola do Parlamento da Câmara Municipal de São Paulo a partir de 04/08/2016 o CURSO GESTÃO DE RECURSOS NATURAIS E AMBIENTAIS: CONCEITOS E PROBLEMAS.

O curso é gratuito e contará com 7 encontros de 3 horas com professores mestres e doutores que falarão sobre diversas problemáticas da questão ambiental. As inscrições começam no dia 19/07/2016.

Veja abaixo as informações sobre o curso. Se você é de São Paulo aproveite essa oportunidade!


INFORMAÇÕES DO CURSO

Objetivo: Introduzir os participantes em uma discussão ambiental, econômica e social de gestão de recursos naturais e ambientais. Por meio da exposição de conceitos relacionados ao tema proposto e apresentação de situações reais de gestão ou de ausência desta pretende-se motivar os participantes a uma reflexão acerca do papel do Estado e dos cidadãos para a continuidade destes recursos bem como acerca da qualidade de vida a ela relacionada.

Coordenador do Evento: Simone Rezende da Silva

Diretor Responsável: Lara Mesquita

Público Alvo: Gestores públicos, militantes, estudantes ou cidadãos em geral interessados na área socioambiental.

Carga Horária: 21 horas (7 encontros de 3h)

Inscrições: A partir de 19 de julho, às 15h.


Programação

sexta-feira, 8 de julho de 2016

3 VAGAS - Conservation Intenational (CI)


A Conservação Internacional (CI-Brasil) é uma organização privada, sem fins lucrativos, de caráter técnico-científico. Fundada em 1987, em poucos anos a CI cresceu e se tornou uma das maiores e mais respeitadas organizações de conservação do mundo, com presença em mais de 30 países distribuídos por quatro continentes. Nossa missão é promover o bem-estar humano, fortalecendo a sociedade no cuidado responsável e sustentável para com a natureza, amparada em uma base sólida de ciência, parcerias e experiências de campo.

GERENTE DE POLÍTICAS AMBIENTAIS (BRASÍLIA)
SECRETARIA EXECUTIVA DO OBSERVATÓRIO DO CÓDIGO FLORESTAL

Informações gerais:
O Observatório do Código Florestal – OCF foi criado em maio de 2013, por sete instituições fundadoras, entre elas a CI-Brasil, para o monitoramento e acompanhamento da implementação do Código Florestal. Desde o segundo semestre de 2015, a CI-Brasil está à frente do OCF como coordenação executiva.

A Gerência de Políticas Ambientais será responsável pelo acompanhamento das políticas públicas ambientais prioritárias para a CI-Brasil, como o novo Código Florestal e as políticas de mudanças climáticas, de biodiversidade e desenvolvimento sustentável. A posição será responsável pela função de Secretaria Executiva do Observatório do Código Florestal (OCF), atuando na articulação entre as ONGs que fazem parte do coletivo, ampliação da sua capilaridade, a supervisão das atividades, acompanhamento dos GTs de discussão dos 4 temas principais (Transparência, CAR-PRA, Incentivos Econômicos e Regulamentação nos estados) e moderação das reuniões do OCF e demais fóruns de discussão, além de coordenação da comunicação do OCF.

São responsabilidades da posição:
  • Respondendo ao Diretor Sênior de Política e Estratégia Institucional, a posição envolve:
  • Gerir as atividades técnicas do projeto Observatório do Código Florestal – IPAM/NORAD, incluindo a Secretaria Executiva do coletivo e a participação em eventos, reuniões e fóruns de discussão (GTs) do OCF.
  • Acompanhar políticas públicas ambientais em âmbito nacional e regional, participando de fóruns de discussões, coletivos, seminários, reuniões técnicas, conselhos, comitês e outros eventos e fóruns externos, conforme o planejamento institucional.
  • Interagir transversalmente com as Diretorias e Gerências Seniores da CI-Brasil, CI-Américas e CI-VA para criar sinergias e somar esforços no desenho e execução de projetos/atividades prioritários para a organização.
  • Trabalhar em coordenação com a Diretoria Senior de Política e Estratégia Institucional e a Diretoria de Desenvolvimento Institucional e as outras diretorias temáticas na captação de recursos financeiros para a manutenção e expansão das ações da CI-Brasil.
Perfil Exigido:
  • Formação superior, preferencialmente nas áreas das Ciências Sociais ou Biológicas.
  • Experiência no planejamento e gerenciamento de projetos.
  • Conhecimento da legislação ambiental brasileira.
  • Habilidade para se expressar com clareza e falar bem em público.
  • Iniciativa, dinamismo e senso de missão;
  • Fluência oral, escrita e leitura em português e inglês.
  • Disponibilidade para viagens e deslocamentos terrestres e aéreos (nacionais e internacionais).
  • Experiência mínima de 5 anos trabalhando no terceiro setor. 
Perfil desejável:
  • Mestrado ou Doutorado em área relacionada às ciências ambientais.
  • Fluência escrita e oral do idioma Espanhol.
A organização oferece:
  • Salário compatível com o cargo e funções;
  • Plano de saúde subsidiado para o candidato e seus familiares;
  • Plano de Previdência Privada subsidiado;
  • Vale alimentação/refeição;
  • Auxílio Creche;
  • Seguro de vida.
  • Ótimo ambiente de trabalho.
Local de Trabalho: Escritório da Conservação Internacional em Brasília/DF

Enviar currículo e carta de intenções com pretensão salarial para o e-mail rh@conservacao.org até 22 de julho de 2016. No campo 'assunto' informar 'Seleção - Gerente de Políticas Ambientais'

OBS: Não serão analisados currículos encaminhados sem pretensão salarial ou recebidos após a data limite acima. Processo seletivo: pré-seleção via análise de currículo e seleção final por entrevista.​



COORDENADOR DE DESENVOLVIMENTO INSTITUCIONAL - DOADORES INDIVIDUAIS (RIO DE JANEIRO)

Informações Gerais:
O coordenador de Desenvolvimento Institucional apoiará diretamente a Diretoria de Desenvolvimento Institucional nas ações de captação de recursos com doadores individuais,servindo com ponto focal junto a equipe da CI-Brasil, doadores individuais e conselhos consultivo e deliberativo. O candidato se reportara diretamente a Diretora de Desenvolvimento Institucional.

São responsabilidades da posição:
  • Apoiar a Diretoria de Desenvolvimento Institucional no desenvolvimento e execução do plano de engajamento e captação de recursos para doadores individuais.
  • Apoiar a Diretoria de Desenvolvimento Institucional no desenvolvimento e execução do plano anual de engajamento e comunicação para os conselhos consultivo e deliberativo.
  • Apoiar a Diretoria de Desenvolvimento Institucional no desenvolvimento e execução da agenda anual de visitas de campo para parceiros.
  • Assegurar que todas as informações relevantes referentes a este grupo de doadores estejam atualizadas no banco de dados da CI-Brasil, incluindo relatórios, mailings, propostas, peças de comunicação, e materiais de apoio.
  • Preparar relatórios internos regulares sobre as atividades da organização que estejam relacionadas a este grupo de doadores.
  • Preparar peças de comunicação com regularidade para este grupo, cartas/e-mails de agradecimentos e outras correspondências. Desenvolver e gerir cronograma interno de reuniões e relatórios para este grupo de doadores.
  • Apoiar na organização de eventos para este grupo de doadores, incluindo as reuniões semestrais dos conselhos consultivo e deliberativos. Apoiar na logística, fornecedores, convites e materiais de comunicação, acompanhar RSVP, e follow-up pós reuniões e evento.
  • Apoiar na organização de visitas a CI-Brasil e visitas de campo da liderança da CI Brasil, incluindo logística, fornecedores, materiais de comunicação, e follow-up pós-evento.
  • Interagir transversalmente com as Diretorias e Gerências Seniores da CI-Brasil, CI-Américas e CI-VA para criar sinergias e somar esforços no desenho e execução de projetos/atividades prioritários para a organização.

​Perfil Exigido:
  • Formação superior, preferencialmente nas áreas de Ciências Sociais, Humanas e Biológicas
  • Fluência oral, escrita e leitura em português e inglês.
  • Experiência no planejamento e gerenciamento de projetos.
  • Excelente habilidade interpessoal, assim como capacidade para executar multitarefas.
  • Habilidade para se expressar com clareza e falar bem em público.
  • Disponibilidade para viagens nacionais e internacionais.
  • Experiência mínima de 3 anos em organizações do terceiro setor ou setor privado na área de captação de recursos e/ou relacionamento institucional
Desejável:
  • Mestrado em relações institucional.
  • Experiência anterior na captação de recursos para o terceiro setor.
  • Experiência anterior com a captação de recursos junto a pessoas físicas.
  • Experiência na organização de eventos.
  • Proficiência em espanhol.
A organização oferece:
  • Salário compatível com o cargo e funções;
  • Plano de saúde subsidiado para o candidato e seus familiares;
  • Plano de Previdência Privada subsidiado;
  • Vale alimentação/refeição;
  • Auxílio Creche;
  • Seguro de vida.
Local de Trabalho: Escritório do Rio de Janeiro

Enviar currículo reduzido (max. 3 páginas) e carta de intenções com pretensão salarial para o e-mail rh@conservacao.org até 22 de Julho de 2016. No campo 'assunto' (subject) informar "Candidato(a) Coordenador de Desenvolvimento Institucional – Doadores Individuais"

OBS: Não serão analisados currículos encaminhados sem pretensão salarial ou após a data limite acima.

Processo seletivo: Análise de currículo e entrevista​



COORDENADOR DE DESENVOLVIMENTO INSTITUCIONAL - ORGANIZAÇÕES MULTILATERAIS (RIO DE JANEIRO)
Informações Gerais:
O Coordenador de Desenvolvimento Institucional é responsável por apoiar a Diretoria de Desenvolvimento Institucional no desenvolvimento e execução do plano anual de atividades e engajamento com instituições multilaterais (BID, Banco Mundial, GEF, GCF, UNEP, UNDP, NORAD, USAID e outros), servindo como ponto focal junto a equipe da Conservação Internacional para oportunidades no Brasil. Responde funcionalmente ao Diretor de Desenvolvimento Institucional e interage transversalmente com as demais diretorias e gerências seniores da organização para desenvolvimento das atividades pertinentes à agenda.

São responsabilidades da posição:
  • Apoiar a Diretoria de Desenvolvimento Institucional no desenvolvimento e execução do plano de engajamento e captação de recursos para doadores de organizações multilaterais.
  • Coordenar o processo de desenvolvimento de propostas e materiais para este grupo de doadores, garantindo um bom alinhamento com o doador e a equipe da CI, acompanhando/monitorando sistematicamente o desenvolvimento de cada proposta e projeto, cumprindo prazos de entrega de produtos. 
  • Desenvolver e gerir cronograma interno de potenciais parceiros e projetos ativos. Assegurar que todas as informações relevantes referentes a este grupo de doadores estejam atualizadas no banco de dados da CI-Brasil, incluindo relatórios, mailings, propostas, peças de comunicação, e materiais de apoio.
  • Preparar relatórios internos regulares sobre as atividades da organização que estejam relacionadas a este grupo de doadores.
  • Trabalhar continuadamente na identificação de novos potenciais oportunidades para captação de recursos, mantendo um banco de informações atualizados com o perfil das principais instituições, editais e/ou outras oportunidades de captação de recursos.
  • Interagir transversalmente com as Diretorias e Gerências Seniores da CI-Brasil, CI-Américas e CI-VA para criar sinergias e somar esforços no desenho e execução de projetos/atividades prioritários para a organização.

Perfil Exigido:
  • Formação superior, preferencialmente nas áreas de Ciências Sociais, Humanas e Biológicas.
  • Fluência oral, escrita e leitura em português e inglês.
  • Experiência no planejamento e gerenciamento de projetos.
  • Excelente habilidade interpessoal, assim como capacidade para executar multitarefas.
  • Habilidade para se expressar com clareza e falar bem em público.
  • Disponibilidade para viagens nacionais e internacionais.
  • Conhecimento sobre as principais organizações multilaterais e suas carteiras de financiamento.
  • Experiência mínima de 3 anos em organizações do terceiro setor ou do setor privado nas áreas de captação de recursos, desenvolvimento de propostas e planejamento de projetos.
Desejável:
  • Pós-graduação em gestão de projetos.
  • Proficiência em espanhol.
A organização oferece:
  • Salário compatível com o cargo e funções;
  • Plano de saúde subsidiado para o candidato e seus familiares;
  • Plano de Previdência Privada subsidiado;
  • Vale alimentação/refeição;
  • Auxílio Creche;
  • Seguro de vida.
Local de Trabalho: Escritório do Rio de Janeiro

Enviar currículo reduzido (max. 3 páginas) e carta de intenções com pretensão salarial para o e-mail rh@conservacao.org até 22 de Julho de 2016. No campo 'assunto' (subject) informar "Candidato(a) Coordenador de Desenvolvimento Institucional – Multilateral"

OBS: Não serão analisados currículos encaminhados sem pretensão salarial ou após a data limite acima.

Processo seletivo: Análise de currículo e entrevista​


quarta-feira, 6 de julho de 2016

Curso de Capacitação em Licenciamento Ambiental no Rio de Janeiro (27/08 e 03/09 - Sábados)



Olá visitantes, no mês de agosto eu, Viviane Japiassú Viana, irei ministrar o Curso de Capacitação em Licenciamento Ambiental no Centro do Rio de Janeiro, através da minha empresa a Japiassú Ambiental Consultoria e Treinamentos

Esta primeira turma será aos sábados, nos dias 27 de Agosto e 03 de Setembro de 2016.

O curso de carga horária de 12 horas e tem como objetivo capacitar profissionais para a atuação no Licenciamento Ambiental de atividades poluidoras, tanto como consultor quanto como gestor, através do conhecimento dos procedimentos, práticas e aspectos legais aplicáveis.

O investimento para a realização do curso é de R$ 350,00. 

Garanta a sua vaga preenchendo o Formulário de inscrição e pagando a taxa de matrícula.


Mais informações:
Japiassú Ambiental Consultoria e Treinamentos
E-mail: japiassuambiental@gmail.com
Telefones: (21) 3592-5767 | (21) 9 8820-5767

Curso Gestão Local de Desastres Naturais para a Atenção Básica


O Curso Gestão Local de Desastres Naturais para a Atenção Básica foi concebido pela Universidade Aberta do SUS (UNASUS) em parceria com a Universidade Federal de São Paulo (Unifesp) e está aberto para acesso online, livre e gratuito.

Nele vocês aprenderão os principais conceitos relacionados à redução do risco de desastres e poderão ficar melhor preparados para colaborar e atuar em suas comunidades.

Acesso a plataforma de cursos em https://moodle.unasus.unifesp.br/ , cadastre-se e estudo.

Bons estudos!


terça-feira, 5 de julho de 2016

13º Congresso Brasileiro de Eficiência Energética (COBEE) - Inscrições abertas


Inscrições em: https://pvista.proevento.com.br/mci/shop/?cod_evento=113

Mais informações: http://www.cobee.com.br/

Sobre o evento
Focado na melhoria da competitividade das empresas, no aperfeiçoamento de ações de sustentabilidade e em políticas socioambientais que contribuem para minimizar o impacto da ação do homem na natureza, o COBEE tem atraído mais e mais participantes a cada nova edição.

Realizado anualmente pela Associação Brasileira das Empresas de Serviços de Conservação de Energia - ABESCO, o Congresso chega a sua 13ª ediçãoem 2016 consolidado como um espaço de sensibilização, debate e negócios em torno de tecnologias e serviços que contribuem para o uso racional de energia e água.

O evento é referência como espaço de negócios, sensibilização e debate em torno de tecnologias e serviços que garantem a melhoria da competitividade das empresas por meio do uso racional de energia e água, o aperfeiçoamento de ações alinhadas às questões de sustentabilidade e o desenvolvimento de políticas socioambientais que reforçam a lucratividade e o êxito das empresas.

Tem como objetivo traçar um caminho claro para o aumento da produtividade nos setores usuários, o aperfeiçoamento de ações alinhadas às questões de sustentabilidade e o desenvolvimento de políticas socioambientais que reforçam a lucratividade e o êxito das empresas, assim como iniciar empresas interessadas no setor.

Paralelamente ao COBEE ocorre a ExpoEficiência, um espaço diferenciado que reúne soluções que contribuem para o processo de planejamento estratégico das empresas. Trata-se de um ambiente que impulsiona as vendas, pois fortalece a marca de produtos e serviços energeticamente eficientes.

sexta-feira, 1 de julho de 2016

Hidrologia - E-book para download gratuito

A Aquafluxus disponibilizou um e-book completo sobre HIDROLOGIA para download gratuito. Aproveitem para aprender mais!

Para baixar basta clicar na imagem abaixo e preencher os seus dados.


terça-feira, 21 de junho de 2016

Redução do risco de desastres é uma questão de desenvolvimento, lembra PNUD


A mudança climática e a crescente exposição ao risco de desastres apresentam ao mundo um desafio sem precedentes. Para os países em desenvolvimento, e em especial aos menos capazes de lidar com o impacto e mais susceptíveis de serem afetados, o desafio é particularmente grave. Esses países enfrentam enormes perdas de uma série de desastres naturais, desde terremotos e tsunamis até graves inundações, tempestades e secas.

A ameaça é clara: décadas de progresso em desenvolvimento podem ser perdidas, com o consequente aumento da pobreza. Enquanto isso, a mudança climática atinge toda a sociedade, da agricultura à saúde, da energia à água.

O trabalho do Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD) é integrar as questões de clima, do risco de desastres e energia no nível nacional, focando na construção de resiliência e garantindo que o desenvolvimento continue a ser vinculado à informação sobre estes riscos e sustentável. Confira neste vídeo do PNUD.

Assista também em inglês em https://youtu.be/HZhl9zzk9w8


Fonte: Página da ONU Brasil no Youtube - https://www.youtube.com/watch?v=p1n_EC9JHHw

quinta-feira, 18 de fevereiro de 2016

Coleta e Reciclagem do EPS (Isopor®)

Para quem ainda não sabe, o EPS (sigla do Poliestireno Expandido – conhecido no Brasil como isopor®) é 100% reciclável e reaproveitável.

A Termotécnica, maior produtora de EPS da América Latina, possui, em todas as suas fábricas postos de recebimento e reciclagem de embalagens pós uso e aparas industriais de EPS.

A Termotécnica recicla o EPS pós-uso em suas unidades fabris e desenvolve diversos esforços de orientação ao consumidor, quanto à utilização e à reciclagem do EPS, contribuindo para a proteção do meio ambiente e qualidade de vida.

É integrante da Global Packaging Alliance – aliança entre os principais fabricantes no mundo para troca de tecnologias e soluções em reciclagem.

Assim, a empresa contribui para a proteção do meio ambiente e auxilia na melhoria das condições de vida de famílias que sobrevivem da coleta e separação dos materiais a serem reciclados.


Confira as regiões onde a Termotécnica possui postos de recolhimento de EPS e entre em contato com a unidade mais próxima, caso tenha grandes quantidades de material para retirar:
  • Grande Porto Alegre - Porto Alegre (RS): (51) 3474-2115 e 8144-8566
  • Regiões Metropolitanas de Joinville (SC), Florianópolis (SC) e Curitiba (PR): (47) 3424-0710, 3424-0039, 9919-2524 e 9964-3352
  • Região Metropolitana de Campinas e Grande São Paulo – Indaiatuba (SP): (19) 2107-3705, 9215-4810 e 8139-1551
  • Grande Goiânia – Goiânia (GO): (62) 9308-0817 e (62)3256-8548
  • Distrito Federal – Brasília (DF): (62) 3256-8548 e (62)9308-0817
No descarte do EPS recomendamos destiná-lo a entidades recicladoras +55 (47) 3424-0710

Em relação ao meio ambiente:
  • O EPS é 100% reciclável e reaproveitável.
  • A fabricação e utilização do EPS não geram risco à saúde ou ao meio ambiente.
  • Não causa danos à camada de ozônio (não usa e nunca usou CFC nem HCFC no processo de fabricação).
  • Não contamina o solo, o ar ou a água.
  • Fungos e bactérias não se proliferam no EPS.
Downloads

Fonte: TERMOTECNICA - http://www.termotecnica.ind.br/reciclagem/

sexta-feira, 12 de fevereiro de 2016

CONCURSO DA AMLURB (SP) - Vagas para Tecnólogos em Meio Ambiente ou Gestão Ambiental


Estão abertas até o dia 26/02 as inscrições para o concurso da Autoridade Municipal de Limpeza Urbana – AMLURB de São Paulo.

Tecnólogos em Meio ambiente ou Gestão Ambiental podem concorrer às 18 vagas de Analista de Ordenamento Territorial.

O salário para 40h de trabalho semanais é de R$ 5.392,96.

Vejam mais informações e o edital em https://www.pciconcursos.com.br/noticias/amlurb-retifica-edital-do-concurso-publico-com-176-vagas

Esta é uma ótima oportunidade para os gestores ambientais.

Inscrevam-se e boa sorte!!!